Header Ads

Vera Cruz Hospital é reacreditado com nível máximo de excelência em qualidade de serviços de saúde

 Unidade permanece, desde 2018, com o ‘nível 3’ certificado pela Organização Nacional de Acreditação, que também analisa a segurança do paciente

POR AMANHECER DA NOTICIA

 O Vera Cruz Hospital conquistou, neste mês, a Reacreditação da ONA (Organização Nacional de Acreditação), com nível 3 de excelência, após passar três dias em avaliação externa por meio do IBES (Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde).

Reconhecido pela qualidade dos serviços, capacidade tecnológica, corpo clínico renomado e por oferecer um atendimento que valoriza o cuidado e o bem-estar das pessoas, a unidade se diferencia por buscar constantes melhorias em processos e práticas inovadoras, e, desde a década de 1990, participa de programas e iniciativas de qualidade. Em 2014, aderiu à metodologia ONA, sendo acreditado no mesmo ano e evoluindo para o nível máximo de excelência em 2018, onde permanece até hoje.

Segundo Dr. Fábio Pereira Fraga, novo diretor-presidente do Vera Cruz Hospital, a instituição é reconhecida por sua tradição e evolução contínua ao longo de seus 78 anos. “Participar de processos de avaliação externa é essencial para manter os melhores níveis de serviços. A acreditação é um processo voluntário e uma decisão estratégica interna para que possamos qualificar e aprimorar incessantemente nosso atendimento”, detalha.

A avaliação da ONA é baseada em vários requisitos do Manual Brasileiro de Acreditação, que incluem evidências sobre práticas, projetos, processos e indicadores. Na visão de Claudia Matias, gerente de Qualidade e Segurança do Paciente do Vera Cruz, o principal objetivo é manter um olhar sistêmico e de melhoria contínua desdobrado desde diretoria e gestão organizacional, passando por profissionais, parceiros, fornecedores chegando até as áreas de diagnóstico, terapia, tecnologia e gestão de apoio. O intuito é sempre ofertar uma experiência positiva, segurança e satisfação ao cliente", explica.

A conquista de uma reacreditação reflete o amadurecimento de governança, evolução de processos - mapeados e acompanhados para melhorias - e, principalmente, o compromisso de líderes, gestores e todos os profissionais. “Buscar e manter um processo de acreditação é essencial, pois oferece uma metodologia robusta e sistêmica que avalia a instituição como um todo. Ou seja, é um princípio do ‘tudo ou nada’ e a instituição precisa ter o mesmo nível de maturidade em todos os seus processos”, adiciona Fraga.


 


O hospital possui prontos socorros adulto, infantil, ortopédico e ginecológico-obstétrico, além de contar com 157 leitos distribuídos em unidades de internação e UTIs para tratamentos de alta complexidade clínica e cirúrgica a pessoas de todas as idades e de neonatologia. O serviço se estende a unidades adjacentes de oncologia, cardiologia, área materno-infantil, medicina diagnóstica com radiologia (incluindo tomografia, ressonância magnética, densitometria óssea, ultrassonografia e Raio X), e laboratório com o selo de qualidade Fleury Medicina e Saúde.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.