Header Ads

CDHU entrega 300 casas no município de Brotas

 Investimento na obra foi de R$ 29 milhões; financiamento dos imóveis terá juros zero

POR AMANHECER DA NOTICIA

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), vinculada à Secretaria de Estado da Habitação, entregou nesta quarta-feira, 22 de dezembro, 300 casas em Brotas, Região de Campinas. As unidades estão equipadas com geladeira, fogão e forno de micro-ondas para famílias com renda mensal de até três salários mínimos. O evento ocorreu no próprio conjunto habitacional, Avenida Eunice Pinheiro Piva, e contou com a participação do secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary.

 

"Estou muito feliz de estar aqui hoje nesse momento tão especial na vida de cada uma dessas 300 famílias que estão recebendo a chave da casa própria aqui em Brotas. Mas, ela é um tijolo em cima do outro, para transformá-la em um lar, precisa do coração de vocês, da alegria, do respeito com os vizinhos e do cuidado para manter essas casas do jeito que estão recebendo hoje. Espero que vocês tenham aqui uma vida muito abençoada por Deus", disse Flavio Amary.


As casas têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e área útil de 47,87 m². As unidades contam com piso cerâmico, azulejo no banheiro, na cozinha e na área de serviço, laje, cobertura em estrutura metálica e sistema de geração de energia solar fotovoltaica. O conjunto conta com infraestrutura completa: redes de água, elétrica e esgoto, pavimentação, drenagem, urbanismo, muro de arrimo e iluminação pública.


O empreendimento é resultado de parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura de Brotas, que doou o terreno. A CDHU fez a contratação da construtora e investiu R$ 29 milhões na obra. As famílias contempladas foram escolhidas por meio de sorteio eletrônico auditado, realizado em 26 de novembro de 2020. Das 300 moradias entregues, 26 foram destinadas a famílias que vivem em áreas de risco.


O financiamento dos imóveis já segue as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado de SP, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, as famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE. O valor das parcelas é calculado levando-se em conta a renda das famílias, que podem comprometer, no máximo, 20% dos rendimentos mensais com as prestações. No conjunto habitacional que está sendo entregue em Brotas, 96% das famílias contempladas ganham até cinco salários mínimos. O valor da menor prestação é R$ 220,00.


Nossa Casa -- CDHU


Durante o evento de entrega das chaves do empreendimento em Brotas, foram assinadas ordens de serviço para a construção de novas moradias em Boa Esperança do Sul e Dourado pela modalidade Nossa Casa -- CDHU.


Em Boa Esperança do Sul, a ordem de serviço, no valor de R$ 3,3 milhões, é para a execução das obras de infraestrutura da primeira fase da construção do empreendimento, que terá 84 casas. Já para Dourado será assinada a ordem de serviço de R$ 7,7 milhões para a segunda fase, quando serão realizadas as edificações das 73 moradias do empreendimento.


Anteriormente, esses empreendimentos seriam produzidos e financiados pela Caixa Econômica Federal. Para dar mais agilidade, a CDHU assumiu as obras, que são executadas neste novo formato com duas fases. Na primeira fase, são realizadas a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de água, esgoto e outros itens. Na sequência, são executadas as edificações das casas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.