Header Ads

Casa Sustentável' é atração do Buriti Shopping Mogi Guaçu

 Com 164 metros quadrados e 7 ambientes, o ‘imóvel’ pode ser visitado gratuitamente

POR AMANHECER DA NOTICIA

Peças descartadas no lixo como caixas de frutas, paletes, tecidos, garrafas de vidro, latas, espumas, móveis antigos e gavetas de armários foram utilizadas para criar e decorar ambientes de uma Casa Sustentável. O ‘imóvel’ foi montado no Buriti Shopping Mogi Guaçu, com materiais recicláveis e dispensados por não terem mais utilidades. Incrível a ideia, não?


Com o objetivo de despertar nos clientes, amigos e fornecedores sobre a importância das ações voltadas para a sustentabilidade e à preservação do meio ambiente, o Buriti Mogi Guaçu abriu as portas para receber a Casa Sustentável, criada pela artesã upcycling e artista Isa Perinotto. O projeto contou com o apoio de outros 50 profissionais ligados à arte no interior de São Paulo.


Com 164 metros quadrados e sete ambientes, a Casa Sustentável está instalada próximo ao Cineflix e pode ser visitada todos os dias. A entrada é gratuita. "A Casa Sustentável foi projetada de maneira totalmente artesanal e com 80% de materiais recicláveis. O espaço foi inaugurado no último dia 8 e segue no empreendimento por tempo indeterminado", disse a gerente de marketing do Buriti Shopping Mogi Guaçu, Bruna Marcon.


Todos que visitam a mostra ficam impressionados com as possibilidades de reutilização de materiais que normalmente iriam para o descarte. As peças montadas comprovam que com criatividade e boa vontade é possível dar um novo uso para a matéria-prima utilizada em paletes, vidros, tecidos, papéis, entre outros objetos.


Para o projeto em Mogi Guaçu, a artista teve que enfrentar alguns desafios. "No primeiro momento seria num espaço de 80 metros, mas depois ampliamos para um local de 164 metros quadrados. Quando vi o espaço surgiram os desafios de montar uma casa mais completa e com ambientes recortados".



O primeiro modelo de ‘casa verde’ foi criado em 2013, quando Isa Perinotto montou uma casa dentro da empresa Whirlpool, em Rio Claro (SP), e desde então cria ambientes sustentáveis em diferentes espaços e cidades. Ela contou que a incorporação do conceito de sustentabilidade nas obras está relacionada ao fato de vivermos em mundo onde "muito se fala e pouco se faz". Para Isa, a iniciativa é uma forma de tornar concreto algo que por vezes fica apenas no debate.


"O principal objetivo é despertar a consciência de que nosso planeta tem a necessidade do reuso, do reaproveitar, do refazer, não apenas de descarte. Temos que mudar o conceito de ‘jogar fora’. A gente sabe que não existe jogar fora, a gente joga para dentro da cidade ou em algum lugar do nosso planeta. Queremos inspirar as pessoas para iniciativas como essa. Me sinto feliz e muito agradecida"

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.