Header Ads

População idosa é prioridade para o Governo de SP

 No mês de junho, o enfrentamento à violência contra a pessoa idosa é tema de campanha

POR AMANHECER DA NOTICIA

A população brasileira está envelhecendo e a tendência é de um aumento exponencial. Diante disso, o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, promove programas e ações para o envelhecimento ativo da população paulista, garantindo a proteção social, inclusão produtiva e digital.


"Com base nas pesquisas sobre a expectativa de vida, fica ainda mais evidente a importância de implementarmos agora políticas públicas que ofereçam a estas pessoas novas perspectivas", destaca Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo.


O programa SP Amigo do Idoso, lançado em 2012, é conhecido por viabilizar espaços de socialização, com atividades socioeducativas, aprendizado de novas habilidades e inclusão digital, chamados de Centros de Convivência do Idoso e um Centro Dia do Idoso. A atual gestão estadual já entregou 49 equipamentos, com capacidade de atender entre 50 e 200 idosos, em situação de vulnerabilidade, a partir dos 60 anos.


Além disso, em outubro de 2020, o Governador João Doria lançou o Projeto Longevidade, que promove ações para a inclusão produtiva e digital para a população 50+ de baixa renda, antecipando as ações para este público contribuindo para o processo de envelhecimento ativo.


"O nosso compromisso é cuidar dessa parcela tão especial da população que precisa de amparo, acolhimento e merece um envelhecimento saudável", complementa Célia Parnes.


Outras iniciativas recorrentes da Secretaria de Desenvolvimento Social são as campanhas de conscientização, que visam alertar, discutir e combater diversas frentes da desigualdade social. No mês de junho, conhecido como "Junho Violeta", é destaque o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa, celebrado internacionalmente no dia 15/06.


Sobre o SP Amigo do Idoso


Programa que oferece ações de inclusão social, desenvolvimento, atenção à saúde, educação e lazer, voltado ao envelhecimento ativo da população. São 11 Secretarias de Estado envolvidas e o Fundo Social de São Paulo, sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social. Ao todo, o Estado conta com 171 equipamentos para a população idosa.


Sobre Projeto Longevidade


O Projeto Longevidade visa desenvolver ações preparatórias e preventivas para garantir a longevidade ativa e produtiva economicamente. Esse projeto é baseado em cinco principais pilares: mobilidade social, inclusão produtiva, educação continuada, tecnologia, saúde e bem estar.


Clube de Leitura 6.0


Desde o ano passado, a Secretaria de Desenvolvimento Social de SP em parceria com o Conselho Estadual do Idoso oferecem também o programa Clube de Leitura 6.0, realizado pelo Observatório do Livro. Ao todo, 1.352 idosos de 26 cidades paulistas participam dos 119 clubes. Os participantes têm acesso a uma biblioteca digital com mais de 30.000 e-Books e se reúnem, virtualmente, uma vez por semana para conversar sobre um determinado livro durante esses encontros.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.