Header Ads

Museu Hering abre nova década de atividades com inauguração de nova exposição permanente e novo formato de atuação para a sociedade

 O designer de moda Daniel Knop, coordenador de projetos da Fundação Hermann Hering.


POR AMANHECER DA NOTICIA

Após 10 anos de atividades com a exposição de longa permanência "Tempo ao Tempo", que espelhou a trajetória de vanguarda que a Cia.Hering sempre teve no cenário brasileiro da moda, da indústria, da economia e da responsabilidade socioambiental, o Museu Hering, vinculado a Fundação Hermann Hering, braço de investimento social privado da centenária companhia brasileira, inaugura sua mais nova exposição permanente, intitulada "Um Novo Tempo", durante o mês de março, período de comemorações acerca do mês internacional de luta da mulher.


Março é um mês cheio de significado para o Museu Hering. Em 25 de março de 1907, nascia Ingo Hering, terceira geração da família fundadora e precursor de tantas iniciativas ligadas ao desenvolvimento e à cultura do estado. Em 1980, por ocasião do centenário da Cia. Hering, Seu Ingo, como era mais conhecido, deixou uma carta documento expressando seu desejo de constituir um museu. Em 2010, o Museu Hering foi fundado e agora, em 2021, nasce uma nova fase do museu. ‘Um Novo Tempo’, como a mais nova exposição de longa permanência.


Após um ano intenso de pesquisas, encontros, debates e processos de cocriação e colaboração entre um time multidisciplinar que envolveu designers ecossistêmicos, produtores culturais, estilistas, historiadores, pedagogos, arquitetos, comunicólogos, gestores e diretores da Fundação Hermann Hering e da Cia.Hering, o espaço cultural, que agora também mira a estruturação de uma incubadora de projetos de impacto, se prepara para retomar suas atividades. Inicialmente elas serão orientadas para os meios digitais, dado o cenário do aumento do número de casos da pandemia da covid-19 durante este mês.


No entanto, a equipe de educadores e mediadores do espaço aguardam com respeito e muita expectativa as novas orientações dos órgãos competentes para reabertura do espaço físico da tradicional casa enxaimel, construção arquitetônica que integra o complexo da companhia, no Bairro Bom Retiro. O imóvel, que tem 435 metros quadrados e que foi construído no final do século 19 e hoje é patrimônio tombado pelo Estado de Santa Catarina, foi internamente repaginado, com novo mobiliário, espaços multifuncionais, além da nova proposta curatorial que valoriza a história da camiseta enquanto elemento de transformações sociais. Todo o acervo integra também o Centro de Memória Ingo Hering (CMIH), salvaguardado no "antigo prédio da costura", edificado em 1920 e que contém 2.837m2. Importante ressaltar que parte desse acervo também foi doado pela própria comunidade.


"O Museu Hering se dedica a conectar pessoas, promover ações e reflexões sobre o processo da industrialização têxtil, tendo a moda como plataforma de transformação em prol do desenvolvimento sustentável, além de preservar e comunicar o acervo e o patrimônio da Fundação Hermann Hering que guarda a memória do legado da Família Hering e dos trabalhadores e trabalhadoras da empresa", explica Amélia Malheiros, gestora da Fundação Hermann Hering.


Campos do conhecimento como moda, industrialização, imigração, associações comunitárias, arquitetura, paisagismo, sustentabilidade, economia circular, entre outros, ganham destaque na nova proposta do espaço. "Este novo projeto repensou o Museu - um repensar que vai além da dimensão da exposição. Um repensar que questiona inclusive o papel do Museu Hering: o que é um Museu hoje em dia? Qual o propósito de uma exposição em um Museu? Que tipos de públicos interagem e participam deste nosso convite à visitação e experimentação em nossos espaços?", conta Coral Michelin, designer ecossistêmica, pesquisadora, artista e ativista e responsável pelo pensamento curatorial da exposição "Um Novo Tempo".


O projeto é resultado das ações do Plano Anual do Museu Hering 2020 - data em que o Museu Hering completou seus 10 anos de história - com realização da Fundação Hermann Hering e do Ministério da Cidadania, patrocinado pela Lei de Incentivo à Cultura. Em 2018, a Fundação Hermann Hering conquistou o Prêmio de Modernização de Museus, uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus - IBRAM, que reconhece ações de grande contribuição para a sociedade.


O designer de moda Daniel Knop, coordenador de projetos da Fundação Hermann Hering, conclui: "Passado, presente e futuro são dimensões do tempo que nos permitem rememorar, compreender e projetar. Desse modo, para nós do time do Museu Hering, que tanto nos dedicamos para dar vida a esta nova exposição, o futuro já chegou. Aqui nós acreditamos que são as escolhas do presente que nos permitirão contar novas histórias do hoje".


O Museu Hering já recebeu em sua história mais de 162.000 visitantes, dentre eles muitos turistas de outros estados e países, estudantes de ensino fundamental e médio proveniente de diversos municípios do Estado de Santa Catarina, além de universitários de instituições públicas e privadas de diferentes áreas do conhecimento.













Ficha Técnica Exposição Um Novo Tempo


Concepção Geral:


Fundação Hermann Hering


Museu Hering


Governança:


Carlos Tavares D'Amaral


Marciel Eder Costa


Renata del Bove


Gestão:


Amélia Malheiros


Curadoria:


Coral Michelin


Coordenação:


Daniel Philipi Knop


Josiane Graziela da Silva


Pesquisa Histórica:


Franciele MachadoScheurich


Kahina Thirsa Hostin


Acervos:


Centro de Memória Ingo Hering


Arquivo Histórico José Ferreira da Silva


Retrama:


Raphaela Andrade


Estagiários:


Gabriela Corrêa


Eduarda dos Santos


Lucas Schreiber da Silva


Cintiade Jesus Gaia


Assessoria Executiva:


Qiah Salla


Maria Teresa Piccoli


Produção Executiva:


Dois Pontos: Una!


Projeto Expográfico:


Oca Arquitetura


Design:


Estúdio Permitido


Comunicação:


Casa Salô


Consultoria Pedagógica:


Sandra Checkruski Souza


Consultoria Museológica:


Cristina Maria Dalla Nora


Audiovisual: Vídeo-colagem e Depoimentos


Dois Pontos: Una!


Pesquisa de texto e imagem - Camiseta: Uma rebelde com causa!:


Jackson Araújo


Thais Losso


Responsável Técnico obras casa enxaimel:


João Bechtold


Execução:


Construtora Rio Campense Ltda. Me


Patrocínio:


Lei de Incentivo à Cultura


Cia.Hering


Realização:


Fundação Hermann Hering


Ministério da Cidadania


Apoio:


Epson


Serviço Museu Hering


Endereço: Rua Hermann Hering, 1740 - Bairro Bom Retiro - Blumenau - SC.


Aberto de segunda à sábado, das 10h às 16h.


Seguindo normas de segurança para combate à pandemia Covid-19, temporariamente são permitidas visitas de até 15 pessoas na exposição ‘Um Novo Tempo’, mantendo distância de 1,5 metros entre as pessoas.


Dentro de cada sala são permitidas 5 pessoas ao mesmo tempo.


Será efetuada aferição de temperatura na entrada do museu, além da disponibilização de tapete higienizador de calçados e álcool em gel.


É imprescindível o uso de máscara durante toda a visita.


Nossa equipe está preparada para direcionar o visitante para seguir fluxo unidirecional, ou seja, entrada e percurso pelas salas expositivas até a saída (evitando cruzamento de pessoas).


Para visitas de grupos será feita a divisão em grupos de 5 a 10 pessoas.


Para mais informações, entre em contato pelos telefones 47 3321 3340/ 3321 3339 ou pelo email: museuhering@fhh.org.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.