Header Ads

Hospital realiza primeiro parto de gestante deficiente auditiva com acompanhamento de intérprete de Libras em MG

 A intérprete de Libras contribuiu para uma melhor comunicação na hora do parto


POR AMANHECER DA NOTICIAS

Uma situação inédita e emocionante aconteceu nesta semana no Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB), em Timóteo, no Vale do Aço. O Hospital, que é referência em atendimento às gestantes na cidade, realizou o primeiro parto de uma gestante deficiente auditiva com a ajuda de uma intérprete de Libras no município.


A dona de casa, Kelly Cristina Vasconcelos Martins Moreira, deu à luz ao filho Nicolas Lucca Vasconcelos Moreira com o auxílio de uma amiga, que é intérprete de libras e que ajudou muito na comunicação com a equipe. A profissional de Libras, que será madrinha do bebê, acompanhou o parto a pedido da mãe.


A gestação merecia atenção devido a uma anormalidade no desenvolvimento do feto caracterizado pela baixa produção de líquido amniótico chamado Oligohidrâmnio. O procedimento realizado pela médica Vanessa Yuri Nakaoka, foi um sucesso. Mãe e filho passam bem. "Me senti muito tranquila e acolhida durante todo o tempo na maternidade. Foi tudo ótimo", contou a mamãe.


"Foi a primeira vez que o HMVB realiza um parto com esse tipo de acompanhamento. O Hospital, que é administrado pela Fundação São Francisco Xavier, tem como premissa o atendimento humanizado e a inclusão no atendimento às pessoas da comunidade. O parto foi comemorado por todos da equipe com muito carinho", disse o Superintendente do Hospital e Maternidade Vital Brazil e Hospital Márcio Cunha, Dr. Bruno Nunes Ribeiro.


O Hospital e Maternidade Vital Brazil


A Fundação São Francisco Xavier assumiu o Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB) em caráter emergencial em setembro do ano passado. Desde então, a Instituição vem gerindo recursos e promovendo o funcionamento saudável da unidade, com precisão, aporte tecnológico e zelo pelos pacientes. Desde o último dia 31 de dezembro, o contrato foi oficializado para mais seis meses.


O HMVB conta com 77 leitos, sendo 45 deles dedicados a atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade conta com a prestação de serviços de Terapia Intensiva (UTI) adulto; leitos de Internação para atendimento às especialidades de clínica médica, pediatria, cirurgia geral e ortopedia, além da maternidade e o apoio ao diagnóstico.

 Secretaria da Habitação entrega 100 títulos de propriedade em Bragança Paulista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.