Header Ads

Empresas aumentam a procura por testes de Covid-19 na região de Campinas, após festas de fim de ano

 Startup de saúde cria células de trabalho Covid-19 para retomada das atividades nas empresas

AMANHECER DA NOTICIAS

A procura por testes de Covid-19 nos laboratórios da região de Campinas aumentaram 70% no início de janeiro, quando comparado aos últimos meses de 2020. Mas, apenas os testes não são suficientes para uma retomada das atividades segura. Pensando nisso, a startup de saúde HealthBit, especializada em gestão de saúde para empresas, criou células de trabalho específicas para a Covid-19 para ajudar na retomada das atividades após férias coletivas e festas de final de ano. A startup atende mais de 300.000 vidas neste programa.


As células, além de atuar na realização de testes nos colaboradores, incluem em suas ações: análise de dados, protocolos de saúde para o retorno ao trabalho e monitoramento das ações e controle dos processos. Entretanto, cada uma dessas etapas são personalizadas de acordo com o setor e a necessidade do cliente.


"Contamos com uma estrutura funcional para o atendimento completo das necessidades de cada organização. Os times de saúde, tecnologia e dados se unem para criar boas práticas e auxiliar no suporte ao cliente com nosso acompanhamento da saúde dos colaboradores, a customização das tecnologias oferecidas pela HealthBit e análise detalhada dos dados de saúde", diz Milene Marmol, líder de saúde da HealthBit. A startup faz um mapeamento do fornecimento de testes com o melhor custo-benefício para a empresa e auxilia na tomada de decisões assertivas.


A HealthBit oferece também aos seus clientes uma Ficha Clínica, uma tecnologia customizável à necessidade do cliente que possibilita com que todas as informações sobre os colaboradores da empresa estejam em um só lugar, para acompanhamento e mapeamento da saúde. "Conseguir identificar o histórico de saúde do colaborador e saber se ele faz parte do grupo de risco ou não, é importante para casos quando precisamos afastar o funcionário para que não seja exposto", explica Milene.


Como dicas gerais para um retorno seguro, Milene Marmol sugere que, além de testagens nos colaboradores, também é importante estabelecer um protocolo de retorno, seguir as recomendações de distanciamento, disponibilizar álcool em gel por toda a empresa e o uso obrigatório de máscaras.

Ações voltadas para direitos humanos alcançam 98% de execução em 2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.