Header Ads

Como manter uma boa pontuação no seu cadastro positivo?

 Especialista alerta para a importância de quitar as dívidas e manter o nome limpo


AMANHECER DA NOTICIAS

O cadastro positivo é uma ferramenta que tem o objetivo de auxiliar no processo de decisão de concessão de crédito e realização de negócios, e, se engana quem pensa que uma boa pontuação serve apenas para melhorar seu perfil de crédito para conseguir excelentes condições nos cartões ou empréstimo pessoal. Também conhecido como Score, ele calcula o risco que a empresa pode ter ao conceder um serviço de crédito para alguém. Esse índice numérico é utilizado pelos credores para saber se o solicitante está pagando as suas dívidas e também avaliar se vale a pena ou não emprestar dinheiro.


De acordo com Luiz Henrique Garcia, CEO da QuiteJá, plataforma de renegociação de dívidas, não há fórmula mágica para aumentar a pontuação no CPF. "A principal dica é manter a atenção na hora de planejar a vida financeira. O pagamento e a regularização das dívidas aumentam a sua pontuação, mas isso leva um certo tempo. Não tem fórmula mágica, segredo. O quanto antes você quitar as suas contas e limpar o seu nome, melhor para o seu score", afirmou. O executivo listou abaixo cinco dicas que podem ajudar você a aumentar a sua pontuação.


1 - Pague suas dívidas: Não dá para deixar elas acumularem e simplesmente pensar que após 5 anos elas caducam e você está livre. Isso quer dizer que, embora depois de 5 anos outras empresas não possam ver sua dívida, o credor no qual você tem essa pendência terá esse dado para sempre.


2 - Pague os produtos à vista: Pagar as coisas à vista é algo extremamente positivo. De um modo geral, as grandes empresas entendem que você é capaz de dividir seu dinheiro de forma clara e, portanto, consegue fazer suas compras à vista durante o mês, em vez de depender de cartões de crédito.


3 - Cuide do seu histórico financeiro: As dívidas podem até sair do seu CPF, mas de qualquer forma, elas ficam no seu histórico. Então, é importante quitar e não esperar que elas "caduquem". Além disso, pagar dívidas no dia certo ajuda seu score, enquanto qualquer atraso mínimo, o prejudica. Pense que, cada dívida paga, é um empurrãozinho para que a pontuação do seu CPF fique positiva.


4 - Avalie se realmente precisa realizar aquele empréstimo: Não faça um empréstimo caso não precise. Pense uma, duas, três vezes antes de realizar. Não é melhor se você começar a poupar parte do seu salário para investimentos ou ainda, uma poupança? Quando você investe, você deixa seu dinheiro trabalhando por você.


5 - Não comprometa todo seu salário com dívidas: Você pode se programar para poupar pelo menos 25% do seu salário, sendo em investimento ou poupança. Precisa ter ciência que não deve mexer nesse dinheiro, a menos que seja uma situação extremamente importante. Poupando dinheiro, você poderá usá-lo para alguma emergência de saúde da família ou do seu pet; usar para investir em projetos ou ainda realizar algum sonho que precise desse orçamento.

Doença de Alzheimer: estudo aponta desafios dos sistemas de saúde para avaliar, diagnosticar e tratar pacientes

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.