Header Ads

Chuva e frio em São Paulo e no Rio de Janeiro nos próximos dias

 Depois de vários dias quentes e secos, os estados de São Paulo e Rio de Janeiro voltam a ter chuva expressiva e temperaturas mais amenas.

AMANHECER DA NOTICIAS

O deslocamento de uma frente fria organiza as instabilidades que vão atuar nestes estados nos últimos dias do inverno, e mesmo com o afastamento deste sistema, as instabilidades vão permanecer ativas também no começo da primavera.


Chuva se espalha sobre São Paulo e chove também no interior


Com o deslocamento da frente fria, o tempo fica fechado e chuvoso em São Paulo neste domingo(20). A chuva consegue atingir também o interior do estado, que já estava sofrendo com a seca por um longo período. Não há expectativa de temporal, mas a chuva acontece em vários momentos com fraca a moderada intensidade.


Atenção para rajadas de vento! Especialmente entre a tarde e a noite, há condições para rajadas moderadas a fortes entre 40 e 60 km/h.


Na segunda-feira a frente fria já se afasta, mas o tempo continua instável. Entre segunda e terça-feira o céu continua nublado. A chuva acontece de forma frequente com moderada a forte intensidade em alguns momentos. As rajadas de vento variam entre 35 e 50 km/h.


As temperaturas diminuem bastante entre domingo e a quarta-feira. Serão dias bem mais amenos no litoral e na capital, até com sensação de frio, comparando com os últimos dias.


No interior as temperaturas não caem tanto em áreas do centro-norte e oeste do estado, mas dá uma refrescada em relação ao calorão de quase 40°C dos últimos dias.


Rio de Janeiro em alerta


Ao longo deste domingo o céu fica encoberto no Rio de Janeiro e ocorrem pancadas de chuva. Especialmente no fim da tarde e a noite, essas pancadas se intensificam e há risco de temporal, que começa de forma isolada e fica mais generalizado no decorrer da noite e madrugada,


inclusive na cidade do Rio. A temperatura cai bastante em relação aos últimos dias e a máxima já não passa dos 24°C na capital.


Entre segunda, terça e quarta o estado ainda segue em alerta para temporais. O predomínio ainda será de céu nublados nesses dias e chove em vários momentos. Grandes volumes devem ser acumulados no primeiros dias da primavera, já que a estação já começa no dia 22 de setembro, terça-feira. Dentre estes dias, rajadas pontuais podem ser esperadas na ordem de 50 a 70 km/h.

O grande volume de chuva pode provocar alagamentos. Fique atento!

Mar agitado com risco de ressaca


Além da chuva, neste início de semana o mar fica agitado nas praias do Sudeste e há risco de ressaca!

Nesta segunda-feira o mar fica agitado nas praias entre São Paulo e Rio de Janeiro, com ondas entre 2,5 a 3,0 metros. Há risco de ressaca pelo, segundo a Marinha do Brasil, até a terça-feira de manhã, dia 22 de setembro. Fique atento aos alertas emitidos pela Marinha e proteja-se!


Sobre a Climatempo


Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.


Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.


A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.