Header Ads

As tendências de atendimento médico nos próximos anos

 Telemedicina é uma das prioridades para a saúde no Brasil

AMANHECER DA NOTICIAS

A medicina é uma ciência que se transforma constantemente com avanços nos tratamentos para doenças, vacinas, remédios, entre outras coisas. A prática da medicina também evolui. Há alguns anos, por exemplo, jamais imaginaríamos que seria possível se consultar com um médico através da tela do celular. Hoje, com a telemedicina, isso é realidade e está ajudando muita gente a não correr riscos por conta da pandemia de Covid-19.


A telemedicina foi regulamentada, temporariamente, pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelo Ministério da Saúde em março, mas ainda não há resposta se este modelo de atendimento médico continuará depois que essa situação provocada pela pandemia amenizar. Mas, por ser uma prática que se mostrou eficiente nos últimos meses, sua regularização permanente, com certeza, voltará a ser discutida em breve.


Vitor Moura, CEO da VidaClass, plataforma online que há seis anos promove acesso a serviços médicos, dentistas, exames de imagens e laboratoriais, consultas e telemedicina, concorda com a prática e acredita que ela deve ser regularizada mesmo após a pandemia: "Os serviços de telemedicina com consultas por videochamadas podem ser enquadrados como exemplo de tecnologia voltada para o bem estar das pessoas, já que une pacientes e médicos por geolocalização e pretende ser um suporte para os quase 170 milhões de brasileiros que não possuem plano de saúde e precisam de algum tipo de atendimento médico".


Além da telemedicina, outra tendência que está crescendo são startups que promovem serviços médicos mais baratos, como a própria VidaClass, que oferece consultas com diversos profissionais por valores acessíveis, às consultas custam a partir de R$ 35 e exames a partir de R$ 2,50, há também serviços de seguros que garantem internação hospitalar, vida e assistência, além de produtos que disponibilizam descontos e entrega em domicílio de medicamentos.


A VidaClass ainda oferece inscrição gratuita aos médicos, para iniciar o atendimento aos pacientes basta acessar a plataforma, se inscrever e ser aprovado. Os médicos também têm liberdade para oferecer seus preços sem interferência da empresa. A plataforma é totalmente preparada com a lei de proteção de dados, gateway de pagamento e possibilita armazenamento de documentos, exames e prontuários.


Com planos de saúde particulares custando cada vez mais caro e o sistema público com lotação esgotada e ofertas de serviços demoradas, as pessoas passaram a buscar alternativas rápidas e baratas para atendimento médico, por isso, serviços como a VidaClass devem conquistar cada vez mais espaço e torna-se uma tendência cada vez maior nos próximos anos.

Sobre a empresa - Criada em 2014, a VidaClass é uma startup que promove acesso a diversos serviços na área da saúde. Entre eles, médicos, dentistas, exames de imagens e laboratoriais, consultas multiprofissionais, pacotes hospitalares, seguro de diária internação hospitalar e benefícios farmacêuticos. Atualmente, existem mais de 25 mil profissionais de saúde cadastrados na plataforma e mais de 200 mil usuários.

Vai viajar em meio à pandemia? Além da máscara, conheça acessórios importantes para evitar transtornos para a saúde

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.