Header Ads

Rinoplastia tem efeito anti-idade e faz mulheres parecerem ao menos 3 anos mais novas, diz estudo

 Estudo da Universidade da Califórnia, publicado no começo do ano, afirma que a cirurgia plástica no nariz tem efeito rejuvenescedor e o resultado é ainda melhor em mulheres acima dos 40. Pesquisadores utilizaram inteligência artificial para estimar com precisão a idade antes e depois do procedimento

AMANHECER DA NOTICIAS

Os injetáveis e as tecnologias de laser, ultrassom e radiofrequência são algumas das maneiras mais tradicionais, além da cirurgia das rugas, de rejuvenescer o rosto. Mas a Rinoplastia também pode ter esse efeito, segundo um estudo publicado no começo do ano no periódico Aesthetic Surgery Journal. “Esse é um procedimento que a maioria das pessoas não considera como ferramenta para o rejuvenescimento, mas esse estudo mostrou que a rinoplastia, ou cirurgia plástica do nariz, pode fazer uma mulher parecer até três anos mais jovem”, afirma o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, especialista em Rinoplastia Estética e Reparadora pela Case Western University e mestre em Cirurgia Plástica pela UNIFESP. O estudo, liderado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, usou um tipo de inteligência artificial conhecida como aprendizado de máquina.


            Os pesquisadores usaram a tecnologia para estudar fotos de antes e depois de 100 pacientes do sexo feminino, com idades entre 16 e 72 anos, todas submetidas a rinoplastia. Após 12 ou mais semanas, as fotografias padronizadas foram analisadas com a tecnologia, que estima a idade de uma pessoa cortando o rosto de uma fotografia e depois extraindo uma previsão através de um algoritmo. Os procedimentos de Rinoplastia, segundo os autores do estudo, foram personalizados para cada paciente para se ajustar melhor ao rosto da pessoa. "Até agora, havia pouca ou nenhuma evidência científica objetiva para o efeito rejuvenescedor da rinoplastia. Mas essa tecnologia permitiu estimar com precisão a idade de maneira objetiva e provou reconhecer padrões e características do envelhecimento além do que o olho humano pode perceber", diz o Dr. Paolo. A rinoplastia envolve fazer alterações estruturais no osso e cartilagem através de pequenas incisões no nariz e, quando necessário, ao redor da narina, enquanto o paciente está sob anestesia geral.


            Segundo o estudo, os resultados foram ainda mais dramáticos em mulheres acima de 40 anos, algumas das quais estimadas sete anos mais jovens após a rinoplastia. “O nariz geralmente não é um foco de tratamento antienvelhecimento. No entanto, como outras características do corpo, o nariz humano, composto de tecidos moles, cartilagens e ossos, também envelhece. E, com o avanço das técnicas cirúrgicas, cada vez mais os cirurgiões plásticos entregam resultados mais naturais e que levem em consideração a harmonia facial. O médico deve levar em conta vários fatores para chegar a um resultado satisfatório e natural. Hoje já existe a possibilidade de simular o resultado digitalmente, o que deixa o paciente mais tranquilo”, afirma o Dr. Paolo.


            Com o envelhecimento, o nariz perde sustentação e pode assumir uma aparência mais proeminente ou caída. O nariz também é afetado quando outras características do rosto envelhecem. "Quando perdemos gordura e volume facial em nossas bochechas, o nariz se torna mais proeminente. Por isso, a Rinoplastia consegue esse efeito rejuvenescedor interessante", diz o cirurgião plástico. “Ao refinar o nariz, a aparência jovem de todo o rosto pode ser refinada. Isso é algo que pensamos subjetivamente por muitas décadas, mas agora temos evidências objetivas por meio da inteligência artificial para apoiar isso", diz o médico.


Por fim, o médico enfatiza que é importante, antes de optar por um procedimento no nariz, conversar com um cirurgião plástico especialista para a indicação correta do melhor tratamento para o seu caso e a explicação de todo o processo de recuperação.


PAOLO RUBEZ: Cirurgião plástico, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS), Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico é especialista em Cirurgia de Enxaqueca pela Case Western University, com o Dr Bahman Guyuron (em Cleveland – EUA) e em Rinoplastia Estética e Reparadora, pela mesma Universidade e pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP. http://drpaolorubez.com.br/

Novo normal deve se basear nos pilares do cooperativismo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.