Header Ads

DrApp lança aplicativo com tecnologia exclusiva para telemedicina

Com lançamento em 31 de julho, DrApp conecta pessoas sem plano de saúde a médicos da Associação Paulista de Medicina por preço acessível, para consultas presenciais e online


AMANHECER DA NOTICIAS

Com o reconhecimento da validade e eticidade pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e com autorização do Ministério da Saúde, o uso da telemedicina foi permitido entre profissionais e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), assim como da saúde suplementar (ANS) e privada (atendimentos particulares).

Viabilizado o atendimento primário à saúde pela "teleconsulta plena", com emissão de documentos como receitas, orientações e pedidos de testes e exames de diagnóstico, tornou-se possível a realização de atendimentos por meio da tecnologia da informação, inclusive por telefone celular.

Essas providências oficiais vêm garantindo adequações aos usuários, principalmente de planos de saúde. Porém, o lançamento do aplicativo DrApp, em 31 de julho, conseguirá atender milhões de pessoas que não possuem ou perderam o acesso ao plano de saúde durante a pandemia, devido ao desemprego e/ou à redução drástica da capacidade financeira, e não querem depender do Sistema Único de Saúde (SUS).

O DrApp, plataforma de marcação de consultas e exames chancelada pela Associação Paulista de Medicina (APM), opera desde 2018 e, agora, lança seu serviço de telemedicina para a realização de consultas digitais à distância, pelo computador ou celular, com toda a segurança e confidencialidade. No total, a startup investiu R$ 3 milhões na implantação da plataforma, desenvolvida pela empresa APF INFORMÁTICA, fundada em 1984.

"A tecnologia da informação inovou e simplificou processos, reduzindo seus custos e agilizando soluções inovadoras - sempre a favor de todos os setores da sociedade. Criamos uma plataforma que consegue promover um link entre tecnologias em prol da democratização do atendimento médico particular de qualidade", afirma José Maria Alves de Almeida Prado, presidente e fundador do DrApp.

O DrApp possibilita o agendamento de consultas com 3.428 médicos da APM, em 55 especialidades, para 108 municípios do estado de São Paulo. Entre eles, toda a Grande SP, Campinas, Ribeirão Preto, Sorocaba, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Santos e Guarujá. Para a telemedicina, os médicos são treinados e certificados especificamente para esse tipo de atendimento.

Caso o médico indique um exame de diagnóstico ao paciente, ele terá acesso a 190 unidades laboratoriais de excelência, distribuídas em 68 cidades do estado de São Paulo, com reduções de preço de até 80%. O Grupo Fleury, por exemplo, com sua rede a+ Medicina Diagnóstica, faz parte desse atendimento. São mais de 2 mil tipos de exames disponíveis.

Sobre o DrApp

O DrApp é uma plataforma online de agendamento de consultas médicas a preços acessíveis. Apoiada e chancelada pela Associação Paulista de Medicina (APM), tem como principal objetivo democratizar o acesso à saúde e conectar médicos credenciados a pacientes que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), mas gostariam de ter acesso a um atendimento primário particular de consultas e exames, com agilidade e a preços acessíveis.

Por meio de parcerias com laboratórios como o Grupo Fleury e sua rede a+ Medicina Diagnóstica, com 38 unidades na Grande São Paulo, o aplicativo proporciona abatimentos de até 80% dos valores de tabela para exames. A plataforma também está lançando as teleconsultas para o atendimento de seus usuários até pelo celular.

Já são 3.428 médicos disponíveis, de 55 especialidades, distribuídos em 108 municípios do estado de São Paulo, além de 190 unidades laboratoriais que oferecem mais de 2 mil tipos de exames em 68 das principais cidades do estado.

Para saber mais, acesse: http://drapp.com.br/

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.