Header Ads

Com ingressos mais populares, CTN supera público de 10,5 mil no cinema e prorroga sessões

O que seria um projeto mensal com uma programação de entretenimento para os paulistas em meio a flexibilização da quarentena, agora já não tem mais previsão para encerrar.


AMANHECER DA NOTICIAS

O Cine CTN Drive-In, promovido pelo Centro de Tradições Nordestinas (CTN), em parceria com a rede Centerplex Cinemas,tem seu público fiel nas sessões e recebeu desde sua primeira exibição - no dia 12 de junho - mais de 10,5 mil espectadores.

Mas em meio a tantas opções de cine drive-in em São Paulo, o que torna as sessões do CTN mais atrativas? A resposta está no valor dos ingressos que podem variar de R$50 por carro (em dias de promoção) a R$70 + taxas. É o mais barato da capital.

Durante as sessões, os espectadores podem ir além da pipoca e do refrigerante, se deliciar com o famoso baião de dois do CTN, prato típico da cultura nordestina e o carro chefe dos restaurantes.

Há de se considerar também a curadoria dos filmes pela rede Centerplex, com longas hollywoodianos que foram sucesso de bilheteria e grandes produções da indústria cinematográfica internacional e nacional.

O custo acessível não é fruto de uma parceria comercial. Longe disso. Quem explica os motivos de o valor ser "mais em conta" é a presidente do CTN, Christiane Abreu.

"O CTN nasceu com a missão de trazer um pouco do nordeste para a capital paulista que diariamente acolhe o nordestino. Temos um espaço fiel às tradições desse povo e sempre fomentamos ações de inclusão. O projeto veio com o intuito de garantirmos a sobrevivência do centro e ao mesmo tempo, ainda mais no momento que estamos vivendo, continuar cumprindo a nossa missão de oferecer entretenimento e momentos de alegria acessível ao nosso público", arremata.

O pedacinho do Nordeste em São Paulo, como é popularmente conhecido, oferece experiências culturais que abrangem toda a memória do povo do Nordeste: música, gastronomia, cultura, fé e social. Antes da pandemia causada pelo novo coronavírus, o CTN atraía mensalmente mais de 70 mil pessoas, entre nordestinos, paulistanos e turistas.

Adaptada aos protocolos de drive in, os carros estão a uma distância de 1,5 metros, a saída do carro é permitida apenas para o uso dos banheiros, todos os funcionários estão de máscaras e luvas , o atendimento da bomboniere é todo feito no carro do cliente.

As sessões do Cine CTN Drive-In são exibidas de quinta à domingo. A capacidade máxima de carros é de 108. Cada veículo pode ter ocupação máxima de quatro pessoas. Para ingressos, programação e promoções,consulte a página de vendas no site da Ticket360.

Sobre o CTN O CTN - Centro de Tradições Nordestinas - foi concebido como um recanto de encontro da comunidade nordestina de São Paulo e mantém o trabalho de preservação e valorização da cultura nordestina.
A fundação do CTN foi inspiração do empresário e radiodifusor José de Abreu, em maio de 1991, para mudar o cenário de intenso preconceito e ignorância contra os migrantes nordestinos que residiam na capital paulistana.

Ao longo dos anos, o CTN desenvolveu trabalhos sociais e que ainda mantem. No ano de 2003, conquistou o reconhecimento de Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e de Utilidade Pública Municipal pela Prefeitura de São Paulo. Hoje a abrangência do trabalho social ganhou destaque principalmente na região da zona norte e as demais regiões da cidade. O pedacinho do Nordeste em São Paulo, como é popularmente conhecido, oferece experiências culturais que abrangem toda a memória do nosso Nordeste: música, gastronomia, cultura, fé e social. Antes da pandemia causada pelo novo coronavírus, o CTN atraía mensalmente mais de 70 mil pessoas, entre nordestinos, paulistanos e turistas.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.