Header Ads

PASSARELLI ATUA EM MAIS UMA OBRA DO PROGRAMA DE DESPOLUIÇÃO DO RIO PINHEIROS


Empresa também atuará nas obras do córrego Pirajuçara, na área que abrange os Municípios de São Paulo, Taboão da Serra e Embu das Artes. Mais de 105 mil economias que hoje lançam seus esgotos diretamente no Rio Pinheiros, serão encaminhadas à Estação de Tratamento de Esgoto de Barueri


AMANHECER DA NOTICIAS

A Passarelli, uma das mais tradicionais empresas de engenharia do País, participa do Consórcio Rio DBO Alto Pirajuçara, que será responsável pela execução das obras necessárias para que haja uma significativa redução de lançamento de esgoto residencial no Córrego Pirajuçara. O contrato deste projeto acaba de ser assinado e será mais uma etapa do Programa Novo Pinheiros, do Governo do Estado de São Paulo, um dos mais importantes projetos de saneamento do Brasil, gerenciado pela Sabesp, e do qual a Passarelli também atua em outro consórcio, à frente das obras da Bacia do Córrego Pedreira/Olaria, trazendo de volta a vida ao Rio Pinheiros.

Segundo dados da Sabesp, na bacia do Alto Pirajuçara são gerados efluentes por quase 147 mil economias. Hoje, aproximadamente 77 % (112.966 economias) são coletados, mas apenas 7.794 economias (6,9%) vão para tratamento, ou seja, 93,1% são lançados diretamente nos córregos. Quase 34 mil economias não são sequer coletadas e, desse total, o contrato exige que pelo menos 17.662 economias sofram intervenções diretas através de novas ligações domiciliares e que novas redes de esgoto sejam construídas para que possam encaminhar os dejetos para os coletores existentes e para os novos a serem criados.

"Nossa meta será a de destinar, em 24 meses, pelo menos 105.832 economias para o tratamento adequado, através de obras estruturantes (extensos coletores e várias interligações) e obras de ligações domiciliares e redes de esgoto para um grande número de residências. Isso requer um trabalho eficiente de logística, de aplicação de tecnologia de ponta, bem como ações sociais para conscientização dos moradores da região sobre a importância e o benefício de ter seu esgoto coletado", explica César Laragnoit da Diretoria Comercial da Passarelli.

A outra meta do contrato é a da redução da Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO). Após a conclusão das obras e do processo de coleta e destinação do esgoto para tratamento, o DBO a ser apurado, deverá ser menor que 75 miligramas por litro, o que está diretamente relacionado à melhora da qualidade das águas do Rio Pinheiros.

Serão executados 27.496 metros de coletores-tronco e interligações, 9.152 metros de redes de esgoto, 12.789 ligações de esgoto (domiciliares/avulsas) e 202 interligações no sistema existente. Além disso, serão instalados medidores para monitoramento geral de performance e as novas conexões serão cadastradas e as clandestinas regularizadas. O consórcio ainda será responsável por ações socioambientais de conscientização da população local sobre a importância das obras de saneamento.

Essa obra não só ajudará na despoluição do Rio Pinheiros, mas também contribuirá para a melhoria do saneamento básico e saúde da população das regiões periféricas de São Paulo. "As intervenções que realizaremos na Bacia do Alto Pirajuçara, assim como as que estão sendo realizadas na Bacias do Pedreiras/Olaria, além de melhorar a qualidade da água dos afluentes do rio Pinheiros, trarão melhores condições de saúde para toda a população residente nessas áreas", complementa César.

Sobre a Passarelli

Há 88 anos, a Passarelli é uma das maiores empresas do Brasil em soluções inteligentes e completas de Engenharia e Construção, sempre pautada em seus valores e na busca incessante por inovação. A empresa oferece serviços em três áreas de negócios: imobiliária, edificações e infraestrutura.

A Passarelli desenvolve atualmente importantes obras como a ampliação do Fortaleza Airport (CE), a construção do Complexo Trimais Places (shopping, torre comercial e supermercado), em São Paulo, e a obra de tratamento de esgoto para a BRK em Araguaína, no Tocantins. Possui em seu portfólio empreendimentos industriais e logísticos, como o centro de R&D da Stihl (RS) e o Centro de Distribuição da Tetra Pak (SP).

Na área imobiliária, já entregou mais de 40 condomínios residenciais, com um total de 7 mil apartamentos, além das unidades comerciais. Com uma equipe de profissionais especializados dedicados, atualmente atua nas obras de edifícios como Vila Paulicéia e Good Life e, nos próximos meses, iniciará edifícios na Cidade Jardim e Jardim Guançã. Em infraestrutura, realizou relevantes obras de saneamento em todo o País, incluindo adutoras, estações de tratamento de água e esgoto, como a ETE Barueri (SP) e o Sistema Gênesis em São Paulo (SP). A Passarelli também oferece produtos e serviços por meio de outras duas empresas: HBSP, locadora de equipamentos e Shields, e a IouTility, focada no segmento de Internet das Coisas (IoTs), com recursos de alta tecnologia para o mercado B2B. Na área social, mantém, há dez anos, o Instituto Sylvio Passarelli, atuando em prol de crianças e jovens por meio do tripé da autonomia, conhecimento e dignidade.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.