Header Ads

Golpes românticos iniciam online e terminam na conta bancária

ESET compartilha alguns dos sinais a serem observados na identificação de golpes em aplicativos de namoro


AMANHECER DA NOTICIAS

O Online Crime Report de 2018 do FBI afirma que a fraude relacionada a aplicativos de namoro foi o segundo golpe que mais causou prejuízos, com perdas de quase US﹩ 363 milhões. Em 2019, por exemplo, uma mulher foi enganada por US﹩ 546 . 000, enquanto um homem canadense foi enganado por US﹩ 732.000, e muitas outras vítimas perderam suas economias ou até se endividaram.

Considerando que as interações nesses aplicativos se intensificam no Dia dos Namorados, a ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, compartilha alguns dos sinais para identificar se o novo contato online pode realmente ser um fraudador procurando uma maneira de obter retorno econômico:

• Fotos: os golpistas tendem a usar imagens de modelos ou podem roubar imagens de pessoas reais. Se você suspeitar disso, poderá realizar uma verificação rápida pesquisando as fotos nas imagens do Google para descobrir se elas estão têm como origem um banco de imagens, por exemplo, ou o perfil de uma rede social de outra pessoa. É necessário entrar na aba de imagens do Google, clicar no ícone da câmera e arrastar e soltar a foto da pessoa de quem você suspeita.

• Rapidez para expressar sentimentos profundos: um sinal de alerta que requer muita atenção é quando novos contatos ficam íntimos demais, muito rapidamente, prometendo afeto eterno, confessando amor ou alegando serem almas gêmeas nas primeiras horas de conversa. Os golpistas tentam criar um relacionamento o mais rápido possível para mostrar interesse e alcançar seu objetivo final, o dinheiro. A maioria dos serviços de namoro permite bloquear e denunciar o perfil de um possível fraudador.

• Transferir a conversa para outro aplicativo: os fraudadores fazem todo o possível para mover a conversa para outra plataforma de comunicação. Os apps de namoro têm maneiras de detectar golpistas, além do recurso de relatórios. Para evitar a ativação desses mecanismos, os criminosos tentam convencer suas vítimas a compartilhar seu número de telefone ou e-mail. Neste ponto, muitas informações pessoais já estão sendo liberadas para um estranho.

• O encontro presencial nunca ocorre: os golpistas geralmente adotam identidades profissionais que inspiram confiança, mas geralmente precisam trabalhar no exterior por longos períodos de tempo, como membros de forças armadas, trabalhadores humanitários ou diplomatas. Isso fornece desculpas para adiar um encontro presencial que nunca irá ocorrer, como "estou viajando" ou "tenho que ir para uma reunião urgente". À medida que o relacionamento avança, é possível que toda vez que você tente agendar um encontro, haja uma desculpa para que simplesmente ele não possa comparecer. É normal cancelar algumas vezes, mas se a data de cada encontro sugerido for recusada, há motivos para suspeitar de uma fraude.

• Problemas de linguagem: muitos perfis de namoro falsos pretendem ser de usuários de uma nacionalidade diferente ou com empregos que os levam para o exterior. Portanto, se alguém não entender bem o português, é importante prestar atenção. Embora erros de digitação ocorram ocasionalmente, se você tiver dúvidas, pode perguntar sobre a área em que eles afirmam estar. Como alternativa, faça uma pesquisa no Google para ver se eles são quem eles dizem que são. Não é uma solução infalível, pois os golpistas podem usar a mesma tática para responder às suas perguntas, mas é um sinal para estar atento.

• Pedidos de dinheiro: depois que a conversa se arrastar um pouco, o fraudador tentará pedir dinheiro. Eles geralmente começam pequenos, pedindo ajuda para pagar um conserto de carro ou comprar remédios - qualquer coisa que não acione um alarme de fraude. Mas com o passar do tempo, eles aumentam constantemente a quantidade de que precisam, e há casos que apontam para histórias tristes sobre como ajudar a pagar as contas médicas de um membro da família doente.

Golpes como esses custam a algumas pessoas todas as suas economias. Até 30% das vítimas de fraude romântica foram usadas como mulas de dinheiro e, em alguns casos, tornam-se mulas de drogas que contrabandeiam substâncias ilícitas através da fronteira, levando a anos de prisão quando são capturadas.

"Golpes usando ataques de engenharia social são cada vez mais comuns. É por isso que educação e conscientização são os primeiros passos para tomar as precauções necessárias e, assim, não cair na armadilha dos cibercriminosos. Nesse caso, se você iniciar um relacionamento em um site ou aplicativo de namoro, é recomendável verificar as informações fornecidas e acompanhar firmemente tudo o que a outra pessoa diz. É possível desfrutar da Internet com segurança", comenta Camilo Gutiérrez, chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina.



Para te ajudar a ficar em casa

A ESET aderiu à campanha #FiqueEmCasa, oferecendo proteção para dispositivos e conteúdos que ajudam os usuários a aproveitar os dias em casa e garantir a segurança dos pequenos enquanto se divertem online em meio à pandemia.

No site, os usuários podem ter acesso a: ESET INTERNET SECURITY grátis por 3 meses para proteger todos os dispositivos domésticos, Guia de Teletrabalho, com práticas para trabalhar em casa sem riscos, Academia ESET, para acessar cursos online que auxiliam a tirar mais proveito da tecnologia e o DigiPais, para ler conselhos sobre como acompanhar e proteger crianças na web.

Para saber mais sobre segurança da informação, entre no portal de notícias da ESET: http://www.welivesecurity.com/br/

Sobre a ESET

Desde 1987, a ESET® desenvolve soluções de segurança que ajudam mais de 100 milhões de usuários a aproveitar a tecnologia com segurança. Seu portfólio de soluções oferece às empresas e consumidores de todo o mundo um equilíbrio perfeito entre desempenho e proteção proativa. A empresa possui uma rede global de vendas que abrange 180 países e possui escritórios em Bratislava, San Diego, Cingapura, Buenos Aires, Cidade do México e São Paulo. Para mais informações, visite www.eset.com/br ou siga-nos no LinkedIn, Facebook e Twitter .

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.