Header Ads

Ex-obesa mórbida, passista e dublê que chegou aos 130 quilos, atua no combate à Covid-19

Veja o antes e depois impressionante da artista que adora desfilar no Carnaval


AMANHECER DA NOTICIAS

Tudo começou quando tinha ela tinha apenas oito anos de idade, muito desinibida era o destaque das festas da família com o seu gingado. Amante da dança, a pequena garotinha era filha de mãe solteira e foi criada pela avó que juntas com muito esforço e empenho conseguiram arcar com os custo de uma escola de dança.
Hoje a passista Viviane Marques de 39 anos, agora mãe de quatro filhas: Agatha de 22 anos, Adrielly de 19 anos, Sofya de 15 anos e Manuella de 7 anos já é avó de Beatriz uma menina de 3 anos,mas nada disso impediu para que ela seguisse sua trajetória e seu sonho de seguir na avenida representando sua escola de samba de coração.

E é nesses momentos de reclusão e enfrentamento que a passista relembra os tempos de luta e dificuldades do passado para conseguir alcançar os seus objetivos. Além de problemas financeiros e ter que garantir o sustento e educação de suas filhas pequenas, a passista, teve problemas de obesidade e chegou a pesar 130kg, o que fez com que ela realizasse uma cirurgia bariátrica em 2011. Foco, força e fé foram determinantes para que ela se recuperasse da cirurgia com e atingisse sua meta não somente estética, mas para que pudesse proporcionar o fôlego necessário para enfrentar os treinos exaustivos até chegar à avenida.

Além de passista, Viviane realiza treinos de dublê e exerce a função de auxiliar técnica de enfermagem em um hospital da capital paulistana e está atuando na linha de frente de combate e tratamento em pacientes infectados pelo COVID -19.

Como grande parte das pessoas, seu maior sonho é a erradicação da doença e que ela e toda a população possam retomar as suas atividades normais do dia-dia.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.