Header Ads

Consigaz planeja atingir mais de 20 mil pessoas com doação de botijões de gás

São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Goiás são os estados contemplados para esta ação


AMANHECER DA NOTICIAS

A Consigaz, empresa que oferece produtos e serviços sob medida para todo tipo de aplicação de gás GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), está doando botijões de 13kg para cinco estados brasileiros: São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Goiás. A empresa quer ajudar mais de 20 mil pessoas que se encontram em situações de vulnerabilidade por conta da pandemia e da quarentena que o país inteiro está enfrentando.

A ação faz parte de um projeto que está acontecendo desde o início da pandemia. A empresa já doou 45 toneladas de alimentos para instituições religiosas e líderes comunitários em SP, e 5 mil máscaras para o município de Carapicuíba, além de participar do movimento #nãodemita e #laveasmãos.

Mas não para por aí. Além do projeto da doação dos botijões, a empresa está participando do desenvolvimento de respiradores, ação que vem sendo liderada pela Mercedes-Benz do Brasil e a Universidade Mauá, que vai disponibilizar gratuitamente respiradores de baixo custo para hospitais públicos, ainda em processo de aprovação pela ANVISA.

"Contribuir com a sociedade em que estamos inseridos está em nosso DNA, não podemos nos omitir num momento em que todos tem que se unir e entender que o crescimento de todos somente será possível se entendermos que o problema de um é o problema de todos", afirma Latifa Kadri, diretora de Marketing da Consigaz.

Acompanhe as imagens abaixo







Cajamar

A cidade de Cajamar, interior do estado de São Paulo, já recebeu as doações. No dia 10 de junho, a Consigaz promoveu uma ação social em Jordanésia, Cajamar, onde mais de 2.000 pessoas foram beneficiadas com a doação de botijões de gás (GLP 13 KG) da marca para as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade.

"Mapeamos as pessoas vulneráveis, com a ajuda do Fundo Social de Solidariedade de Cajamar, e conseguimos fazer a distribuição das senhas. Para não gerar aglomeração no local, agendamos 10 horários diferentes pra retirada do produto. Seguimos todos os protocolos de segurança e todos estavam de máscaras e, devidamente protegidos, os que eventualmente foram desprevenidos receberam mascaras e álcool no local", finaliza a diretora de marketing.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.