Header Ads

SEFRAS E SOUL KITCHEN SE UNEM PARA COMBATER A FOME DE PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA NA CIDADE DE SÃO PAULO

Com "Quentinha do Bem", projeto tem objetivo de produzir 8 mil marmitas por dia nos próximos dois meses


POR AMANHECER DA NOTICIAS

Pensando na alimentação das pessoas em situação de rua frente à pandemia do COVID-19, o SEFRAS, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, plural e suprapartidária, criado pela Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, e Soul Kitchen, incubadora de projetos que conecta pessoas através do alimento, juntaram forças para ampliar a produção de quentinhas, o que resultou no projeto batizado de "Quentinha do Bem".

O desafio do projeto é aumentar a quantidade de refeições distribuídas diariamente. Nos últimos 15 dias, o SEFRAS distribuiu mais de 50 mil quentinhas para a população em situação de rua. Neste novo cenário, o objetivo é produzir 8 mil quentinhas por dia, durante os próximos dois meses. Para que isso seja possível, é necessário arrecadar R﹩ 960 mil, já que cada quentinha de 500 gramas, que contém feijão, legumes, tubérculos e proteína, tem o custo de R﹩4. Esse valor cobre não só as despesas com ingredientes, mas também a manutenção de 6 cozinhas e 28 cozinheiros que atuam na produção das refeições.

O Soul Kitchen é responsável pela criação da marca, campanha e parcerias do projeto, além de ajudar a produzir a ficha técnica das quentinhas, que resultou na precificação de cada refeição. Com os valores, é possível saber quantas pessoas serão alimentadas a cada real doado. A incubadora somou sua expertise à experiência e conhecimento do SEFRAS sobre a produção e distribuição na região, inclusive com os cuidados de higiene.

Para a arrecadação, a plataforma Ingresse entra como parceira, disponibilizando uma página em que é possível comprar o vale-quentinha com cartão de crédito. Para aqueles que preferem depósito bancário, é possível realizar a transferência direto para a conta do SEFRAS dedicada ao projeto. Uma outra maneira de ajudar, é doando alimentos para a produção das quentinhas, como arroz, feijão, macarrão, frango, carne moída, batata, óleo, farinha e chuchu. O ponto de coleta é a Paróquia Santo Antônio do Pari, localizada na Praça Padre Bento, que recebe os alimentos das 8h às 18h.

Segundo o Frei José Francisco, diretor presidente do SEFRAS, o primeiro impacto da pandemia sobre as populações mais vulneráveis é a fome. "A alimentação é a base da vida humana e tem, além da sua importância na nutrição do corpo físico, um valor cultural e espiritual. É o ponto de comunhão e solidariedade entre as pessoas", ressalta.

O projeto já conta com parcerias de peso, como Fazenda Futuro, primeira foodtech brasileira a produzir carne à base de plantas com o mesmo gosto, textura e suculência da carne animal, e que já doou duas toneladas de seus produtos para a ação, e Index, agência de comunicação e PR.

.

Serviço

SEFRAS - Central de Doações

(11) 3795-5220

Ponto de coleta de alimentos: Paróquia Santo Antônio do Pari - na Praça Padre Bento, nº 13, Pari

Todos os dias, das 8h às 18h

Para contribuição por cartão de crédito, acesse http://www.ingresse.com/quentinhadobem

Contribuições por transferência bancária podem ser feitas para:

Associação Franciscana de Solidariedade

Banco Itaú (341)

Agência: 8179

Conta Corrente: 12218-2

CNPJ 11.861.086/0001-63

Instagram: @quentinha_do_bem

Sobre Soul Kitchen

Fundada em 2011, é uma incubadora de projetos que conecta pessoas, gera negócios inovadores e transformadores através do alimento. Desde sua fundação, já produziu mais de 350 eventos por onde já passaram quase 80.000 pessoas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.