Header Ads

MSD anuncia múltiplos esforços científicos contra o COVID-19 em vacinas e antiviral

Companhia está trabalhando em três diferentes frentes contra o novo coronavírus


POR AMANHECER DA NOTICIAS

 A farmacêutica MSD acaba de anunciar que está desenvolvendo duas vacinas e um antiviral contra o novo coronavírus. Os esforços para a contenção da COVID-19 estão sendo realizados por meio de parcerias e da aquisição de uma empresa de biotecnologia para acelerar estudos promissores já em andamento:

• Uma das iniciativas para a produção de uma vacina está sendo realizada em colaboração com a IAVI, organização de pesquisa científica sem fins lucrativos dedicada a enfrentar os desafios globais de saúde urgentes e não atendidos. Essa vacina candidata usará a tecnologia do vírus da estomatite vesicular recombinante que é a base da vacina contra o ebola da MSD, primeira aprovada para uso em humanos. O imunizante está atualmente em desenvolvimento pré-clínico e o início do teste em humanos é planejado para este ano.

• A MSD também anunciou planos de aquisição da empresa Themis Bioscience, que se concentra em vacinas e terapias imunológicas para doenças infecciosas e câncer e com quem está desenvolvendo outro possível imunizante contra o novo coronavírus, usando uma cepa enfraquecida do vírus do sarampo. A pesquisa está em fase pré-clínica e os estudos estão previstos para começar ainda em 2020.

• Os esforços da MSD ainda incluem um acordo de parceria com a Ridgeback Biotherapeutics LP, uma empresa de biotecnologia de capital fechado, para acelerar os estudos sobre o EIDD-2801, um candidato antiviral disponível por via oral atualmente em desenvolvimento clínico precoce para o tratamento de pacientes com COVID-19. O antiviral já foi testado em pacientes com a doença.

A companhia aposta que uma variedade de recursos será necessária para enfrentar a pandemia e que o sucesso exigirá colaboração entre países, academia e a indústria farmacêutica. A MSD também está comprometida em garantir que todas as soluções desenvolvidas sejam acessíveis globalmente.

"Temos orgulho de anunciar o início de nossos esforços para identificar e para acelerar soluções importantes para esse desafio global. Garantiremos que todos os programas tenham os recursos, a atenção e o foco de que precisam e que a pandemia da COVID-19 exige", disse Kenneth C. Frazier, CEO da MSD. Estamos trabalhando agora para alcançar esse objetivo o mais rápido possível. "Embora não possamos prever quando essa batalha será vencida, estamos confiantes de que a ciência está do nosso lado, que a colaboração já está em andamento e que, juntos, prevaleceremos".

A MSD é líder global em doenças infecciosas e vacinas, com uma longa história de pesquisa, desenvolvimento, fabricação e distribuição de vacinas para crianças, adolescentes e adultos. A companhia está comprometida em garantir que todas as soluções desenvolvidas contra o novo coronavírus sejam acessíveis globalmente.

Sobre a MSD

Por mais de 125 anos, a MSD cria invenções para a vida, trazendo ao mercado medicamentos inovadores para combater as doenças mais desafiadoras. MSD é o nome pelo qual é conhecida a Merck & Co. Inc. fora dos Estados Unidos e do Canadá, cuja sede fica em Kenilworth (New Jersey, EUA). Demonstramos nosso compromisso com os pacientes e com a saúde da população, aumentando o acesso aos serviços de saúde por meio de políticas, programas e parcerias de longo alcance. Hoje, a MSD continua na vanguarda da pesquisa para prevenir e tratar doenças que ameaçam pessoas e animais - incluindo câncer, doenças infecciosas como HIV e Ebola e doenças animais emergentes -, pois aspiramos ser a principal empresa biofarmacêutica intensiva em pesquisa no mundo. Para mais informações, visite http://www.msd.com/ e conecte-se conosco no Twitter , LinkedIn e YouTube .

Sobre a MSD no Brasil

Presente no Brasil desde 1952, a MSD conta com mais de 1,9 mil funcionários no país, nas divisões de Saúde Humana, Saúde Animal e Pesquisa Clínica. Para mais informações, acesse http://www.msd.com.br e conecte-se conosco no Facebook , LinkedIn e YouTube .

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.