Header Ads

Cidade de São Paulo bateu um novo recorde de frio nesta segunda

Domingo com duplo recorde de frio em São Paulo


POR AMANHECER DA NOTICIAS

Que frio! O ar frio de origem polar entrou com muita força sobre o estado de São Paulo no domingo, 24 de maio, e a temperatura baixou muito em todas as regiões paulistas. Além do amanhecer gelado, a grande quantidade de nuvens que ficou sobre o estado na maior parte do dia, dificultou a passagem do sol e o aquecimento do ar.

Domingo com duplo recorde de frio em São Paulo

Na cidade de São Paulo , o domingo foi com duplo recorde de frio, com a menor temperatura mínima da madrugada e a menor temperatura máxima.

Segundo o INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - a temperatura mínima na capital paulista no dia 24 de maio foi de 11,2°C, o novo recorde de frio para o ano de 2020, até agora. O recorde anterior era de 11,8°C, em 10 de maio.

A temperatura máxima considerando o período a partir de 21 horas do dia 23, sábado, foi de 16,6°C e ocorreu entre 21 horas e 23 horas deste dia. O recorde anterior de menor temperatura máxima era de 17°C, no dia 15 de maio. Mas durante a tarde mesmo, a temperatura não passou de 15,7°C.

Por volta das 18 horas, o aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade de São Paulo registrava 14°C, mas com sensação térmica de 9°C.

Capital paulista bateu um novo recorde de frio nesta segunda-feira(25)

Depois do recorde do domingo, esfriou ainda mais! A capital paulista registrou a menor temperatura mínima do ano até agora na madrugada desta segunda-feira(25). Segundo dados do INMET, a mínima foi de 11,1 na estação automática do Mirante de Santana. O recorde anterior tinha sido ontem com 11,2°C, no domingo.

Vai esfriar mais?

A resposta é sim! O ar frio de origem polar vai ficar a semana toda sobre o estado de São Paulo mantendo as noites e os começos de manhã muito frios. Temperaturas abaixo dos 10°C, ou pouco acima deste valor, devem ser observadas em todas as regiões paulistas nos próximos 5 dias.

Até a sexta-feira, 29 de maio, a cidade de São Paulo terá sucessivos recordes de frio para este ano, com temperatura abaixo da marca dos 10°C.

Pode gear no sul do estado de São Paulo, região de Sorocaba e na serra da Mantiqueira .

As menores temperaturas registradas pelo INMET em São Paulo no domingo, 24 de maio, foram:

Itapeva: 9,1°C

São Miguel Arcanjo: 9,2°C

Avaré: 9,3°C

Bauru: 9,4°C

Floresta Nacional de Ipanema/região entre Sorocaba e Iperó: 9,6°C

São Carlos: 9,8°C

Semana seca

A nebulosidade diminui ainda mais e o sol predomina no estado de São Paulo até o fim da semana. Não há previsão de chuva, porém, alguns locais podem amanhecer nublados nos próximos dias, por causa do nevoeiro, fenômeno típico desta época, que é facilitado quando o ar está muito frio.

Fim de tarde lindo

Na região de Grande São Paulo, o sol apareceu mesmo só no fim de tarde e deixou o entardecer com um colorido maravilhoso.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

 STJ julgará a validade da incidência do fator previdenciário na aposentadoria dos professores

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.