Header Ads

Parceiros da Uber vão ganhar reconhecimento em dobro; empresa também vai apoiar pesquisa contra COVID-19

O importante esforço dos brasileiros para conter o avanço da COVID-19 no país afeta, entre outros, aqueles que usam o app da Uber para ganhar dinheiro.


POR AMANHECER DA NOTICIAS

Manaus e mais quatro cidades ganham viagens para doadores de sangue
Lançamento do Uber Direct, uma nova solução de entrega para empresas

 Sejam os que ainda estão na rua, movimentando o que mais importa em mais de 500 cidades, ou aqueles que precisam ficar em casa, a dificuldade é para todos.

É por isso que, até o próximo dia 6 de maio, toda vez que um passageiro decidir dar um agradecimento extra em dinheiro a um motorista parceiro, a Uber vai ajudar com o mesmo valor. Aqueles que quiserem participar não precisam sair de casa. Vai ser possível dar gratificações por viagens realizadas até 90 dias atrás.

Unidos, vamos dar o dobro do reconhecimento. O dobro do apoio para passarmos por esse momento tão delicado.

Para participar, é simples:

. Abra o app da Uber
. Abra o menu, no canto superior esquerdo
. Clique em Suas VIAGENS
. Escolha a viagem que quiser
. Clique em Dar um Extra

Caso tenha de sair de casa, você continua podendo dar um valor extra assim que a viagem terminar. O app da Uber oferece três opções, mas, se quiser, pode escolher por um valor personalizado.

A promoção é válida para todos os produtos da Uber disponíveis na cidade à exceção do Uber Eats. Ela não se aplica, porém, a viagens pagas em dinheiro. Vale lembrar que toda a quantia extra dada ao motorista parceiro é repassada diretamente, sem cobrança de taxa, e que a Uber vai dar a sua contribuição em forma de desconto na taxa de serviço.

Essa é uma das iniciativas que compõem o pacote anunciado hoje, que inclui ainda uma nova solução de entregas para micro e pequenas empresas, apoio à pesquisa médica e também apoio à doação de sangue em mais de cinco cidades.

Nova promoções em apoio a pesquisa e doação de
sangue e nova solução de entrega para empresas

Apoio a pesquisa
Em parceria com o Hemorio, o hemocentro coordenador do Estado do Rio de Janeiro, a Uber oferece a partir desta quarta-feira (22) viagens totalmente gratuitas para pessoas curadas de coronavírus que queiram doar sangue para pesquisa com plasma sanguíneo de combate ao vírus. Cada bolsa de plasma contendo anticorpos contra o vírus pode ser usada para até três pacientes infectados que estejam em estado grave. O Hemorio desenvolve a pesquisa em parceria com os hospitais que estão tratando pacientes graves com coronavírus.

Para participar da iniciativa, a pessoa deve estar no Rio de Janeiro, ter sido curada da COVID-19 há pelo menos 14 dias e estar bem de saúde. Para fazer a doação, basta agendar um dia e um horário com o Hemorio pelo telefone 0800 282 0708. Após o agendamento, o Hemorio fornecerá ao doador um código para que ele vá e volte do hemocentro de Uber. A ação terá duração de um mês e acontece até o dia 22 de maio.

Doação de sangue
Também nesta quarta-feira (22), a campanha de apoio à doação de sangue foi expandida para mais cidades. Agora, doadores de Manaus, Belém, Natal, Vitória e Florianópolis também terão a viagem custeada pela Uber para se deslocarem até os bancos de sangue. Com isso, já são 13 cidades beneficiadas pela iniciativa. A orientação do Ministério da Saúde é que as doações de sangue devem continuar acontecendo durante a pandemia.

A primeira fase do apoio aos bancos de sangue começou por Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza e Teresina. Na segunda fase foram beneficiados os bancos de sangue de Porto Alegre, Curitiba, Londrina e Maringá. Cada cidade definiu os melhores e mais urgentes locais para receber as doações, observando a situação emergencial de cada estoque.

A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde que atuam na linha de frente, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia.

O novo Uber Direct
A partir dessa semana, empresas que utilizam o Uber para Empresas terão à disposição o Uber Direct, serviço que permite acionar motoristas parceiros para entregar produtos a seus clientes. As primeiras entregas do Uber Direct ocorreram no sábado (18), quando o KFC iniciou uma ação, apoiada pela Uber, que irá distribuir 60 mil refeições para profissionais de unidades de saúde da rede pública de São Paulo até julho.

No Brasil, o Uber Eats já passou a disponibilizar mais do que restaurantes, com a inclusão de lojas virtuais de farmácias, lojas de conveniência e pet shops no app. Com o Uber Direct, o objetivo é atender empresas de qualquer tamanho que procuram uma solução de entrega sob demanda com a eficiência da tecnologia da Uber.

Para ajudar a proteger entregadores parceiros, a Uber também enviou mensagens aos usuários do Uber Eats para a entrega de pedidos sem contato direto, ou seja, o usuário agora pode deixar uma instrução no app para pedir ao entregador que deixe o pedido na porta.

Uber Eats
A Uber lançou o programa para que empresas possam usar o Uber Eats para comprar refeições para colaboradores estejam eles em casa ou no local de trabalho. Além de apoiar a produtividade de colaboradores e o distanciamento social, o Uber Eats para Empresas ajuda a ampliar o mercado dos restaurantes e entregadores parceiros do Uber Eats ao permitir que eles tenham acesso a um maior volume de pedidos.

A empresa também anunciou medidas para apoiar proprietários e operadores de restaurantes independentes. O aplicativo Uber Eats passou a dar mais visibilidade a restaurantes locais e oferecer aos usuários gratuidade na taxa de entrega para pedidos feitos em milhares de pequenos e médios restaurantes parceiros independentes do Brasil. Além disso, todos os restaurantes cadastrados na plataforma ficaram isentos da taxa de retirada quando os usuários fizerem um pedido pelo aplicativo e optarem por buscar a refeição pessoalmente.

Pacotes anteriores
Na semana passada, a Uber anunciou uma parceria com a CUFA - Central Única de Favelas, para doação de cestas básicas e kits de higiene a comunidades vulneráveis afetadas pelo coronavírus. As doações são feitas por meio da loja virtual "A Comunidade Nos Move", disponível no aplicativo Uber Eats.

O Uber Eats também foi o primeiro app a oferecer a esses restaurantes parceiros pequenos e independentes a opção de receber repasses diários dos pagamentos dos usuários, em vez de esperar até o final da semana, para ajudar na manutenção do fluxo de caixa. E, desde o começo deste mês, o app também passou a mostrar mais do que restaurantes: farmácias, lojas de conveniência e pet shops passam a fazer parte do catálogo, começando por São Paulo.

No último mês, a empresa desenvolveu um programa nacional de apoio aos mais de 1 milhão de parceiros no Brasil. Os principais destaques foram o anúncio do pagamento de uma assistência financeira para o motorista ou entregador parceiro que for diagnosticado com a COVID-19 ou que fizer parte do grupo de risco; o reembolso de despesas com álcool em gel, máscaras e luvas por parte tanto de motoristas quanto de entregadores parceiros; e a isenção de anuidade no programa Vale Saúde Sempre, que dá descontos em consultas, exames e compra de medicamentos.

Por meio do Vale Saúde Sempre, a Uber ainda colocou à disposição dos motoristas parceiros interessados o serviço de orientação médica online do Hospital Israelita Albert Einstein, chamado de Einstein Conecta, e realizou a doação de 3.700 unidades da máscara N95 para o Hospital Municipal do M'Boi Mirim, em São Paulo.

Por meio do app da Uber, a empresa enviou mensagens educativas aos usuários pedindo que fiquem em casa ou solicitem viagens pelo aplicativo apenas se necessário, além de recomendações para lavar as mãos, abrir as janelas do carro e sentar no banco de trás. Pensando no bem-estar de todos, também suspendemos temporariamente o Uber Juntos, a fim de desestimular a concentração de pessoas.

A Uber também utilizou o aplicativo como canal de informação, lembrando a todos seus mais de 22 milhões de usuários, motoristas e entregadores parceiros de seguir as instruções das autoridades de saúde pública, como o Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde de São Paulo.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.