Header Ads

Kimauánisso foi a melhor equipe internacional no All Japan Robot Sumo Tournament

Alunos e professores da Mauá conquistaram posição importante em competição no Japão

      © jpg



POR AMANHECER DA NOTICIAS

A Kimauánisso, equipe de robótica composta por alunos e professores do Instituto Mauá de Tecnologia, participou, em dezembro de 2019, do All Japan Robot Sumo Tournament, que aconteceu no Japão. Presente pela quinta vez consecutiva, a Mauá levou 4 robôs para a competição, que concorreram com 200 equipes de países como Japão, Argentina, Chile, China, Equador, EUA, Rússia, México, entre outros.

“A dificuldade na competição é grande. Apenas robôs que foram campeões em torneios classificatórios ao redor do mundo participam de um torneio simples eliminatório, em que a equipe que perde uma vez é eliminada. Mesmo assim, conseguimos avançar com nossos robôs até as oitavas de final sendo a melhor equipe internacional na categoria radiocontrolada”, afirmou o professor Anderson Harayashiki Moreira, professor do curso de Engenharia de Controle e Automação da Mauá e coordenador da equipe Kimauánisso.

Classificam-se para a competição internacional as equipes que ganharam torneios certificados, como os Torneios SMILE, Bosch, Tech Challenge, RSM Challenge e TIRSA (Realizado na Argentina) conquistados pela Kimauánisso em 2019.

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia
O Instituto Mauá de Tecnologia - IMT promove o ensino científico-tecnológico, visando formar recursos humanos altamente qualificados. Há 58 anos, o IMT, com campi em São Paulo e em São Caetano do Sul, mantém duas unidades: Centro Universitário e Centro de Pesquisas. O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Na pós-graduação, são oferecidos cursos de atualização, aperfeiçoamento, especialização (MBA) nas áreas de Gestão, Design e Engenharia. O Centro de Pesquisas, há 54 anos, desenvolve tecnologia para atender às necessidades da indústria e atua como importante elemento de ligação entre as empresas e a academia.

Sensor Fiesp indica expansão da indústria em janeiro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.