Header Ads

Simulador ajuda candidatos a fazer a melhor aposta no SiSU

Criada pela startup Evolucional, ferramenta usa dados de anos anteriores para estimar a probabilidade de aprovação em cursos superiores por meio da nota do Enem

         © jpg

POR AMANHECER DA NOTICIAS

Com a divulgação dos resultados individuais dos estudantes que prestaram o Enem 2019, muitos candidatos ficam em dúvida sobre como usar suas notas para conquistar uma vaga em curso superior pelo SiSU - Sistema de Seleção Unificada. Pensando nisso, a Evolucional - startup especializada em avaliações e uso de dados para educação - criou uma ferramenta gratuita, o Mapa do SiSU, que simula diferentes cenários possíveis e estima a possibilidade de ingresso em todos os cursos que oferecem vagas pelo Enem.



Para ter acesso às análises, basta que o usuário entre no site http://mapadosisu.com.br e faça um cadastro. Ao acessar o sistema, ele deverá inserir suas notas em cada área e na redação. A partir desses dados, o sistema utilizará as notas de corte de anos anteriores para simular os resultados de 2020, oferecendo ao estudante uma estimativa dos cursos em que ele seria aprovado.
"Nossa análise considera os resultados de anos anteriores”, explica Vinícius Freaza, Diretor de Inovação Pedagógica da Evolucional. “É importante lembrar que, conforme os estudantes se inscrevem no site oficial, a nota de corte se altera. Por isso, o simulador é bastante útil para o estudante ter uma noção do quanto a sua nota representará ao final do prazo”, prossegue Freaza.

Ainda segundo Vinícius, “você pode pensar na inscrição no SiSU como uma aposta: cada candidato tem duas fichas, que podem ser colocadas em dois cursos diferentes (primeira e segunda escolha). Quanto mais alto o resultado na prova do Enem, maior o valor dessas “fichas”. A grande vantagem do Mapa do SiSU é usar os dados finais das edições mais recentes, dando uma percepção mais realista sobre a nota que será necessária para aprovação em cada curso em 2020. O sistema também leva em conta o peso relativo de cada área e da redação do Enem e as notas de corte para cotistas. Assim, a “aposta” é muito mais certeira. Se o estudante perceber que seu resultado não será suficiente para o ingresso no curso ou universidade preferidos, ele tem a chance de trocar a escolha antes do prazo final”, completa o especialista.

Neste ano, os resultados individuais do Enem foram publicados em 17 de janeiro e o site do SiSU receberá as inscrições no período de 21 a 24 de janeiro. A edição terá 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.