Header Ads

Sustentabilidade em produtos de panificação, confeitos e chocolates é foco de evento inédito do Ital, da Secretaria de Agricultura de SP

Ainda há vagas para seminário que ocorre nesta quinta-feira (28), em Campinas (SP)

        © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

O inédito Seminário “Sustentabilidade em Bakery & Confectionery: ingredientes, produtos e mercado” será realizado nesta quinta-feira (28) no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), em Campinas, e recebe inscrições até hoje pelo link http://ital.agricultura.sp.gov.br/cerealchocotec/sustentabilidade. Vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o Ital conta com unidade técnica especializada em chocolates, balas, confeitos, cereais, pães, bolos e biscoitos (Cereal Chocotec) com mais de duas décadas de experiência e linha de pesquisa dedicada a inovação e sustentabilidade.

A ideia é destravar a produção e o mercado de ingredientes e produtos mais sustentáveis”, ressalta o pesquisador Guilherme de Castilho Queiroz, que coordena o evento com a pesquisadora Lidiane Bataglia da Silva. Segundo o pesquisador, mesmo com a evolução do mercado, o consumidor brasileiro ainda encontra dificuldade em encontrar tais produtos, como os orgânicos e de comércio justo e solidário (fair trade), nos supermercados.

“O seminário tem por objetivo discutir a sustentabilidade em produtos de panificação, confeitos e chocolates, em especial na produção, certificação e rotulagem de ingredientes e alimentos industrializados”, resume Queiroz. Na oportunidade, também serão apresentados cases de pesquisa e desenvolvimento e o impacto no mercado com foco no fortalecimento do consumo sustentável e da economia verde.

Além de estudantes, professores e pesquisadores da área de chocolates, balas, confeitos, produtos de cereais e panificação, o público-alvo inclui profissionais de micro, pequenas, médias e grandes fabricantes e especialistas e empresários da área de gestão ambiental, marketing e desenvolvimento de produtos.

Conteúdo

A programação do evento tem início às 8h30 e se encerra às 13h. Logo após a abertura, às 9h, a diretora geral do Ital, Eloísa Garcia, dará início às palestras, abordando conceitos gerais de sustentabilidade aplicados ao setor de Bakery e Confectionery. Em seguida, Maria Carolina Manço, gerente de certificações do IBD Certificações, falará sobre sua especialidade com foco em orgânicos e fair trade.

Depois de um coffee break, o pesquisador Luiz Roma, do Instituto de Zootecnia, tratará sobre desafios e tecnologia na produção de leite orgânico. A programação prossegue com a apresentação de três cases das empresas Nexira, Dubalaco Balas Orgânicas e Dengo Chocolates relacionados a goma acácia, balas e chocolates, respectivamente.

O encerramento ficará a cargo do coordenador técnico da Plataforma de Inovação Tecnológica do Ital (PITec), Raul Amaral, que ministrará palestra sobre tendências de consumo e desenvolvimento de produtos mais sustentáveis.

Sobre o Ital

Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) promove atividades de pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica, inovação e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas. Fundado em 1963 e situado em Campinas/SP, o Ital é vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), e conta com unidades técnicas especializadas em produtos cárneos, de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças, engenharia de processos industriais e embalagens; 15 plantas-piloto especializadas em processamento de alimentos e bebidas e de avaliação do desempenho de embalagens; e 35 laboratórios de análise e ensaios, além do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) e da Plataforma de Inovação Tecnológica, especializada em estudos de tendências de mercado e de prospecção de oportunidades e demandas de inovação. É certificado na norma NBR ISO 9001 e possui ensaios acreditados na norma ISO/IEC 17025 pela Cgcre/Inmetro. Outras informações estão disponíveis no site www.ital.agricultura.sp.gov.br.

 São Paulo corta ICMS de indústria calçadista pela metade

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.