Header Ads

FNCP e Receita Federal adiam megaoperação para destruição de cigarros contrabandeados

Por questões de segurança, o Fórum Nacional Contra a Pirataria (FNCP) e a Receita Federal do Brasil decidiram adiar a força tarefa de transporte e destruição de cigarros contrabandeados que estava prevista para sair amanhã (dia 12/11) de Bauru com destino a Foz do Iguaçu.

          © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIA

A operação que tem como objetivo liberar espaço físico nos depósitos de produtos contrabandeados de São Paulo, para possibilitar a continuidade e, especialmente, a intensificação das ações policiais de apreensão e combate ao contrabandeado teve q ser cancelada por motivos de segurança e uma nova data ainda será informada.

Segundo levantamento do Ibope, mais de 63,4 bilhões de cigarros ilegais inundam as cidades brasileiras. O número equivale a 57% do mercado de cigarros - sendo que 49% destes são cigarros contrabandeados principalmente do Paraguai, onde o imposto sobre o produto é de 18%, um dos menores no mundo conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 Dia Mundial do Diabetes reforça importância da prevenção e controle

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.