Header Ads

Hospital São Camilo adere ao Outubro Rosa e ilumina suas fachadas

Ação faz parte da campanha de conscientização sobre prevenção ao câncer de mama e cuidados com a saúde da mulher

        © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIA

Durante todo o mês de outubro, as fachadas das quatro Unidades da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo – Pompeia, Santana, Granja Viana e Ipiranga – serão iluminadas com a cor rosa para alertar a população sobre a prevenção ao câncer de mama.

Para os colaboradores da Instituição, a comunicação será realizada via canais internos, como TV Corporativa e newsletter. Já o público geral poderá conferir postagens no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter com informações sobre formas de prevenção, diagnóstico e tratamentos.

Segundo os Registros de Câncer e do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM/MS), realizados em 2018 e 2019 pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama ainda é o tipo com maior incidência entre as mulheres, representando 29,5% dos casos de neoplasia. É também o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil: 16,1% entre todas as neoplasias.

Mas, afinal, o que é o câncer de mama?

É uma doença causado pela multiplicação anormal e descontrolada de células mamárias. A Dra. Andrea Cubero, mastologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, explica que a principal manifestação da doença é um nódulo irregular, fixo e geralmente indolor, e está presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher.

Outros sinais de alerta, segundo a especialista, são pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); saída de líquido anormal das mamas; dor recorrente nos seios; e pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.

“Hábitos saudáveis de vida, tais como atividade física regular, controle do peso corporal, alimentação equilibrada, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e, no caso de mulheres com filhos, a amamentação são algumas medidas que podem contribuir para a prevenção do câncer de mama”, frisa a médica.

A doença é mais recorrente após os 50 anos, e tem caráter genético em 5% a 10% dos casos. Medidas preventivas, realização do exame de mamografia e o acesso à informação contribuem para um diagnóstico precoce, evitando agravamento do quadro.

Rede de Hospitais São Camilo

A Rede de Hospitais São Camilo é composta por quatro hospitais modernos em São Paulo. Três ficam nos bairros da Pompeia, Santana e Ipiranga, capacitados para atendimentos eletivos, de emergência e cirurgias de alta complexidade, como transplantes de medula óssea.

A Unidade Granja Viana, por sua vez, é uma instituição Camiliana dedicada à assistência e saúde com atenção especial aos pacientes em cuidados continuados em reabilitação, crônicos ou paliativos. Excelência médica, qualidade diferenciada no atendimento, segurança, humanização e expertise em gestão hospitalar são os principais pilares de atuação.

Hoje, a Rede de Hospitais São Camilo presta atendimento em mais de 60 especialidades, oferece ao todo 736 leitos e um quadro clínico de mais de 6,8 mil médicos qualificados. As unidades possuem importantes acreditações internacionais, como a Joint Commission International (JCI), renomada acreditadora dos Estados Unidos reconhecida mundialmente no setor, e a Acreditação Internacional Canadense.

A Rede de Hospitais São Camilo faz parte da Sociedade Beneficente São Camilo, uma das entidades que compreende a Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos), uma entidade religiosa presente em mais de 30 países, fundada pelo italiano Camilo de Lellis, há mais de 400 anos. No Brasil, desde 1928, a Rede conta com expertise e a tradição em saúde e gestão hospitalar.

 Reimaginando Outubro Rosa: ações com foco nas pacientes com câncer de mama avançado marcam o mês

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.