Header Ads

Fiscalização da ARTESP emite 140 multas às empresas de transportes intermunicipal de passageiros durante a Operação Aparecida

Atuação da agência visa garantir a segurança nas viagens rodoviárias;Dez veículos foram retidos por não terem licença para operar

       © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIA

A fiscalização do transporte intermunicipal de passageiros feita pela ARTESP foi intensificada durante o feriado de Aparecida, no último sábado (12/10), com foco na segurança das viagens. Em uma ação especial do feriado, agentes da ARTESP verificaram as condições de conforto, segurança, pontualidade e documentação de 301 veículos nos terminais de passageiros de São Paulo, Aparecida, Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e São José dos Campos. A ação resultou na emissão de 115 multas e notificações às empresas que prestam serviço de transporte intermunicipal de passageiros no Estado de São Paulo.

Além da fiscalização nos terminais, os fiscais da Agência atuaram também em trechos rodoviários, no Sistema Anchieta-Imigrantes e na Dutra. Ao todo foram fiscalizados 68 veículos nas pistas em trechos de São Bernardo do Campo e Roseira. Desses, dez foram retidos por estarem realizando transporte clandestino de passageiros, ou seja, sem licença concedida para esta finalidade. Além disso, nessa operação também foram lavradas 25 multas a empresas cadastradas no sistema de transporte intermunicipal, mas que apresentavam irregularidades identificadas pelos fiscais.

A fiscalização do Transporte Intermunicipal de passageiros da ARTESP abrange todos os 645 municípios do Estado através de escala e atendendo também a denúncias encaminhadas à Ouvidoria da Artesp através do telefone 0800 727 83 77 ou pelo e-mail ouvidoria@artesp.sp.gov.br. Além das operações nas rodovias, os agentes realizam ações rotineiras de fiscalização nos Terminais Rodoviários e garagens das empresas de ônibus cadastradas junto à Agência, sempre visando garantir maior segurança e conforto aos usuários do sistema.


 Síndicos profissionais ganham espaço em condomínios, mas rotatividade aumenta

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.