Header Ads

Especial Semana da Criança (Saúde)

A chegada da semana da criança possibilita uma gama de pautas que permeiam o universo infantil.

        © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIA

Entre os assuntos, a saúde das crianças merece atenção especial. Existe uma série de doenças comuns e de patologias raras e ultrarraras que acometem, principalmente, os pequenos. E na maioria dos casos, o diagnóstico e início de tratamento precoce, podem proporcionar mais qualidade de vida e evitar danos, muitas vezes, irreversíveis.

Temos especialistas que podem explicar, de forma didática, as enfermidades elencadas, abaixo, bem como seus principais sinais e sintomas. Vamos trabalhar com essa pauta?



- Dermatite atópica

A doença que atinge 20% das crianças brasileiras é cercada de dúvidas e preconceitos. Crônica e incurável, a dermatite atópica pode ser controlada para que os pacientes possam ter uma qualidade de vida melhorada diante desses desafios.

- Raquitismo hipofosfatêmico ligado ao cromossomo X

Doença rara que afeta crianças, é causada pela deficiência de fosfato, necessário para a formação dos ossos e dentes, para a composição do DNA e para a produção de energia no organismo. A enfermidade pode ser confundida com outras doenças ósseas, incluindo algumas relacionadas à má alimentação, por exemplo.

- Atrofia muscular espinhal (AME)

A atrofia muscular espinhal é uma das mais de 8 mil doenças raras conhecidas no mundo e afeta, aproximadamente, entre 7 a 10 bebês em cada 100 mil nascidos vivos, sendo a maior causa genética de morte de bebês e crianças de até dois anos de idade. Se caracteriza por uma fraqueza progressiva, que compromete funções como respirar, comer e andar.

- Distrofia muscular de Duchenne (DMD)

Afetando principalmente o sexo masculino, a distrofia muscular de Duchenne é uma desordem genética rara, irreversível e fatal que resulta em fraqueza muscular progressiva desde a primeira infância, podendo levar à morte prematura ao redor da terceira década de vida, especialmente devido a complicações cardíacas e respiratórias.

- AADCd

A deficiência de AADC é uma doença genética rara, que causa uma desordem metabólica herdada geneticamente e caracterizada pela falta de importantes enzimas envolvidas na descarboxilação dos aminoácidos l-aromáticos L-Dopa e 5-Hidroxitriptofano, causando, assim, deficiências no sistema nervoso central e periférico. Esta deficiência afeta a capacidade do cérebro para produzir dopamina e serotonina, dois dos neurotransmissores mais essenciais e necessários para todos os seres vivos.

- Esclerose múltipla

Muito rara em crianças, a esclerose múltipla é uma doença autoimune, na qual o sistema imune do paciente reage contra componentes do sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal). A doença é caracterizada por um processo de inflamação crônica que pode causar desde problemas momentâneos de visão, falta de equilíbrio até sintomas mais graves, como cegueira e paralisia completa dos membros. A progressão, a gravidade e a especificidade dos sintomas são imprevisíveis e variam de uma pessoa para outra. Algumas são minimamente afetadas, enquanto outras sofrem rápida progressão até a incapacidade total.

- Especialistas

A Doctoralia é uma plataforma líder global do setor de agendamento de consultas online. São milhares de especialistas em várias áreas da medicina disponíveis para qualquer assunto ligado a saúde da população.


 3 atividades físicas muito mais gostosas de praticar sem óculos!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.