Header Ads

Premiado em festivais no exterior e aplaudido pela crítica especializada, "Sócrates", estreia nos cinemas dia 26 de setembro

Com direção de Alexandre Moratto e produção executiva de Fernando Meirelles, longa-metragem com Christian Malheiros (da série "Sintonia" da Netflix) também chega aos cinemas dos Estados Unidos nesta semana

         © jpg



POR AMANHECER DA NOTICIAS

 Uma das grandes surpresas cinematográficas dos últimos anos, o filme "Sócrates" protagonizado por Christian Malheiros (da série "Sintonia" da Netflix), estreará nos cinemas brasileiros no dia 26 de setembro com distribuição da O2 Play. Nesta semana o longa-metragem também chega às salas de exibição nos Estados Unidos com distribuição da Breaking Glass Pictures, que já participou com filmes nos mais badalados festivais cinematográficos como Cannes, Berlin, Sundance e Tribeca.

Após uma bem sucedida carreira internacional pelos principais festivais internacionais (veja lista abaixo), "Sócrates" ganhou prêmios e vem conquistando elogios de publicações especializadas como a americana Variety, uma das mais importantes do mundo no setor de entretenimento e os veículos LA Times e Hollywood Reporter.

Com direção de Alexandre Moratto e produção executiva de Fernando Meirelles, o filme é uma produção do Instituto Querô e Querô Filmes.

A história

Com produção realizada por jovens capacitados nas oficinas audiovisuais do Instituto Querô em Santos (SP), "Sócrates" arrebata o público com uma história crua sobre a vida na periferia, longe dos cartões postais e entregue ao acaso..

A ideia do diretor surgiu em 2016 com a proposta de produzir junto com os jovens do projeto o seu primeiro longa-metragem, e também o primeiro do Instituto Querô, em comemoração aos 10 anos das Oficinas Querô.

Christian Malheiros interpreta o protagonista gay que após a morte da mãe precisa lutar contra a burocracia do sistema, o preconceito do pai, a falta de oportunidades no mercado de trabalho e confiar em pessoas que nunca viu para tentar sobreviver. Menor de idade, desempregado, sem dinheiro e sem o apoio de conhecidos, a história de "Sócrates" se constrói a cada nova cena, deixando o público em estado de alerta.

A periferia da baixada Santista é o cenário onde o jovem precisa a todo momento criar novas estratégias para garantir a própria sobrevivência.

"Trabalhar com uma equipe e elenco de jovens que moram na mesma cidade e nos mesmos bairros onde gravamos traz uma sinceridade para a tela. A crítica internacional percebe, destaca isso e estou com muito orgulho que o trabalho e as vozes desses jovens estão chegando no palco internacional. Esse filme foi feito por eles e para eles", explica o diretor.

"Grande e sensível filme. Um espelho para a juventude no Brasil e em todo o mundo", comenta Fernando Meirelles, produtor executivo do longa-metragem.



Christian Malheiros foi indicado ao prêmio de Melhor Ator no "Spirit Awards" (considerado o Oscar do cinema independente)

Principais prêmios

1. Vencedor Film Independent Spirit Awards, Someone to Watch

2. Film Independent Spirit Awards, Christian Malheiros

3. Vencedor, Mannheim-Heidelberg Film Festival, Melhor Ator

4. Vencedor, Thessaloniki Film Festival, Menção Honrosa e Prêmio Mermaid

5. Vencedor, Miami Film Festival, Melhor Primeiro Longa

6. Vencedor, Festival do Rio, Prêmio Félix

7. Vencedor, Mostra de São Paulo, Menção Honrosa

8. Vencedor, Woodstock Film Festival, Prêmio Ultra Indie

9. Vencedor, Festival Mix Brasil, Melhor Filme, Diretor, e Ator

10. Vencedor, Festival de Uruguay, Melhor Primeiro Longa



Tales Ordakji e Christian Malheiros em cena do longa-metragem "Sócrates"

Ficha Técnica

"Sócrates" - estreia dia 26 de setembro - 71 minutos, direção de Alexandre Moratto

ELENCO

Christian Malheiros, Tales Ordakji, Rosane Paulo, Caio Martinez Pacheco, Jayme Rodrigues

PRODUÇÃO

Instituto Querô e Querô Filmes



DIREÇÃO E MONTAGEM – Alexandre Moratto

ROTEIRO ORIGINAL – Alexandre Moratto e Thayná Mantesso

PRODUÇÃO – Tammy Weiss, Ramin Bahrani, Alexandre Moratto e Jefferson Paulino

PRODUÇÃO EXECUTIVA – Fernando Meirelles, Thaís Badim Marques e Priscilla Santana

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO – Thalita Afonso Sampaio e Ana Cláudia Rodrigues

PRODUÇÃO DE ELENCO – Mayara Batista

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA – João Gabriel de Queiroz

DIREÇÃO DE ARTE – Thaianne Spinassi e Juh Guedes

FIGURINO – Juh Guedes

TRILHA SONORA ORIGINAL – Felipe Puperi & Tiago Abrahão

FINALIZAÇÃO DE IMAGEM – O2 Pós

FINALIZAÇÃO E DESENHO DE SOM – Miriam Biderman

ASSISTENTE DE DIREÇÃO – Kamilli Semenov

SOM DIRETO – Julio Galassi

FOQUISTA E CÂMERA AUXILIAR – Nilton Ferreira

DISTRIBUIDORA: O2 Play

Sobre a Distribuidora O2 Play

A O2 Play é dirigida por Igor Kupstas sob a tutela de Paulo Morelli, sócio da O2 Filmes, e faz parte do grupo O2, que tem como sócios também o cineasta Fernando Meirelles e a produtora Andrea Barata Ribeiro. Em atividade desde 2013, a O2 Play se diferencia das demais distribuidoras por trabalhar além do cinema, TV e vendas internacionais, o VOD (Video on Demand), como uma distribuidora digital. Possui contratos com plataformas como o iTunes, Google Play, Netflix, NOW, Claro Vídeos, Vimeo, ofertando além de conteúdos longa-metragem e seriados também serviços de delivery (Encoding).

A O2 Play lançou em cinema filmes como CIDADE CINZA (2013), com os grafiteiros OsGêmeos, LATITUDES (2014), romance com Alice Braga e Daniel de Oliveira que foi parte de um inovador projeto transmídia, JUNHO - O MÊS QUE ABALOU O BRASIL (2014), documentário da Folha de S. Paulo, primeiro filme a chegar aos cinemas e em VOD na mesma data, A LEI DA ÁGUA (2015), documentário de André D'Elia com produção de Fernando Meirelles, A BRUTA FLOR DO QUERER (2016), vencedor de 2 prêmios em Gramado, UMA NOITE EM SAMPA (2016), de Ugo Giorgetti, PARATODOS, doc sobre atletas paraolímpicos que após carreira elogiada pela críticas nos cinemas foi vendido para o mundo todo na NETFLIX, DO PÓ DA TERRA (2016), doc de Maurício Nahas, PESCADORES DE PÉROLAS (2015), ópera com direção de Fernando Meirelles transmitida ao vivo via satélite do Theatro da Paz para 10 salas de cinema, e ENTRE NÓS (2014), A NOITE DA VIRADA (2014) e ZOOM (2016), estes de produção da O2 Filmes em co-distribuição com a Paris Filmes.

Entre os lançamentos da O2 Play nos cinemas estão o longa-metragem TRAVESSIA, filme com Chico Diaz e Caio Castro, o documentário SEPULTURA ENDURANCE, sobre a banda brasileira de metal, COMEBACK, filme vencedor do prêmio de melhor ator para Nelson Xavier no Festival do Rio 2016 e MALASARTES E O DUELO COM A MORTE, grande produção da O2 Filmes dirigida por Paulo Morelli. Também entram na lista o documentário EXODUS- DE ONDE VIM NÃO EXISTE MAIS, produzido pela O2 e dirigido por Hank Levine e o longa A REPARTIÇÃO DO TEMPO, dirigido por Santiago Dellape. Também distribuiu nos cinemas no segundo semestre de 2018 o premiado documentário SER TÃO VELHO CERRADO dirigido por André D'Elia. Em 2019 no primeiro semestre promoveu o lançamento em formato day and date do filme 45 DIAS SEM VOCÊ do diretor Rafael Gomes. No segundo semestre inicia o programa O2 PLAY DOCS com a exibição de documentários nas principais cidades de todas as regiões brasileiras com sessões em horário nobre.

A O2 Play é pioneira em curadoria mundial no iTunes com a seção FERNANDO MEIRELLES RECOMENDA. Esta a primeira vez que a loja da Apple convidou um agente externo para sugerir filmes (confira em itunes.com/fmeirelles).

A O2 PLAY realiza a distribuição digital e encoding para dezenas de títulos e séries, além de vendas para TV e mercado internacional. Tivemos oito longas escolhidos pela Apple dentre "Os Melhores Filmes do Ano" entre 2014 e 2016.

 Comércio eletrônico espera faturar R$ 2,55 bi no Dia dos Pais, estima ABComm

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.