Header Ads

Projeto social do campeão olímpico, Ricardinho, recebe apoio da associação beneficente Guardiões do Futuro

Incentivo visa manter e ampliar o projeto de desenvolvimento esportivo e social de crianças e jovens do muncípio de Maringá-PR, desenvolvido e oferecido gratuitamente pelo ex-levantador da seleção brasileira de vôlei

         © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

O Guardiões do Futuro,, associação beneficente do Grupo Tree Part, holding de inovação digital, anuncia o apoio ao Núcleo de Vôlei Ricardinho (NVR), projeto social do ex-levantador da seleção brasileira, campeão olímpico e mundial, Ricardinho. A iniciativa da associação visa manter e ampliar o projeto gratuito do ex-jogador da seleção, que contempla aulas profissionais e de fundamentos sobre vôlei, oferecidas para crianças e jovens – masculino e feminino, de 8 a 18 anos - na cidade de Maringá-PR.

"A decisão do incentivo da nossa associação está relacionada a um projeto de ação muito importante para o desenvolvimento dos jovens e crianças em Maringá, região com pouco acesso a um sistema de apoio institucional. Junto a isso, os envolvidos no projeto não aprendem apenas sobre o conceito de voleibol, mas também o significado de respeito, cidadania e relação social", explica a embaixadora do Guardiões do Futuro, Ednéa Tomaz.

O NVR, lançado em 2017 por Ricardinho, tem como missão de oferecer desenvolvimento das crianças e adolescentes, por meio de trabalhos baseados na progressão física, intelectual, emocional e social. Atualmente, o projeto é realizado por 11 profissionais, incluindo preparador físico e técnico, alcançando aproximadamente 400 alunos(as), atendidos(as) sem custos em quatro escolas públicas no município de Maringá e do clube dos bancários da Caixa Econômica Federal.

"O projeto foi criado para que seja mais do que um conceito de desenvolver a formação desportiva na modalidade de voleibol. Também buscamos ampliar e mudar a perspectiva de vida dessas crianças e jovens, por meio de conceitos básicos de cidadania, responsabilidade e, claro, muito respeito ao próximo", explica Ricardinho.

No projeto, o apoio do Guardiões está focado na contratação de profissionais responsáveis pelos cursos, compra de equipamentos esportivos, além das reformas de quadras onde ocorrem as aulas.

Atualmente, as crianças e jovens participantes estão divididas nas categorias masculinas e femininas de vôlei de sub 10, sub 12, sub 14 e sub 17. Entre as novidades, a partir desse ano, os participantes também terão a oportunidade de participar de uma peneira e concorrerem a vagas no time de base do Maringá Vôlei.



 Tivoli Ecoresort Praia do Forte promove experiência única com observação de baleias jubarte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.