Header Ads

Choro: após série de concertos na Europa, violeiros lançam álbum no Brasil

Em show no Sesc Pinheiros, Zé Barbeiro e Dinho Nogueira lançam álbum de choro, tradicional gênero instrumental da música popular brasileira

        © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

No dia 24 de julho, o duo Zé Barbeiro e Dinho Nogueira fará apresentação única no palco do Sesc Pinheiros. O espetáculo trará músicas do primeiro disco, gravado ao vivo no Sunset Sunside Jazz Club, no final de 2018, enquanto os violeiros realizavam uma série de concertos e oficinas em quatro países da Europa.

Para compor este repertório, foram selecionados para o álbum, as composições de Zé Barbeiro com temas de Ernesto Nazareth e João Pernambuco. "Este é um trabalho muito rico, que já vínhamos desenvolvendo há um tempo. A verdade é que a brasilidade nos encanta e fazer essa turnê internacional reforçou o quanto o choro é um primor. Mas, não há nada como tocar em casa", ressalta Dinho Nogueira.

Entre março e abril deste ano, os violeiros realizaram nova turnê pela Europa, com 14 concertos de lançamento desse álbum em importantes casas de concertos e festivais de países como Portugal, Holanda, França e Bélgica.

"A música brasileira é muito valorizada no exterior. Em todos os países que percorremos, até quem não conhece, tem uma admiração muito grande pelo nosso trabalho. Eles entendem que no Brasil é onde existe maior miscigenação cultural do mundo, ou seja, aqui nós temos uma maior diversidade de raça, religião, cultura e isso acaba resultando na música. Em nenhum país existe tanta pluralidade. Agora, a ideia é mostrar todos esses aspectos em um show mais íntimo, na cidade que vivemos e temos tanto amor", finaliza o músico.


SOBRE ZÉ BARBEIRO E DINHO NOGUEIRA

Zé Barbeiro

Uma das maiores referência do violão de sete cordas da atualidade, Zé Barbeiro é violonista e compositor, além de representante tradicional e contemporâneo do choro. O músico também foi vencedor do Prêmio Pixinguinha e o Prêmio Baú Cultural com o álbum No Salão do Barbeiro (2011). Suas composições já se aproximam da terceira centena e tem músicas gravadas por grupos de outros países. No ano de 2018 sua obra foi tema de defesa de doutorado pela USP-SP, com o título, Violão Velho, Choro Novo, já disponível na web.

Dinho Nogueira

Mineiro, nascido e criado em uma família de músicos, aos seis anos já atuava profissionalmente na área. Formado em violão clássico e em guitarra MPB/Jazz pelo conservatório de Tatuí (SP), hoje, além de violonista, Dinho também é compositor, professor e arranjador. Em 2015, gravou seu primeiro álbum autoral, intitulado de Amanhecer de Minas. Em sua carreira, já se apresentou ao lado de artistas como Hamilton de Holanda, Alessandro Penezzi e Paulinho Pedra Azul, entre outros.


SERVIÇO:

Data: 24 de julho – quarta-feira

Horário: 20h30

Local: SESC Pinheiros - Auditório (3º andar).

Duração: 60 minutos.

Recomendação etária: 10 anos.

Ingressos e mais informações:

www.sescsp.org.br/programacao/196991_ZE+BARBEIRO+E+DINHO+NOGUEIRA

 Último final de semana para aproveitar o "Arraial da Fundação"

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.