Header Ads

Secretaria da Fazenda e Planejamento participa da 3ª edição da Virada Feminina

BEC terá stand na Fiesp para impulsionar mulheres a investir no empreendedorismo e negociação de pequenas empresas.

       © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

No próximo domingo (2), a partir das 9h, acontece a 3ª Edição da Virada Feminina e a Secretaria da Fazenda e Planejamento participará com a Bolsa Eletrônica de Compras de São Paulo (BEC/SP), onde divulgará oportunidades de negócios, tirará dúvidas sobre empreendedorismo e negociação, visando ajudar pequenas empresas a inserirem no mercado das compras públicas e trazer ao Estado maior competitividade entre os fornecedores.

O evento, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), quer fortalecer e conectar as iniciativas de empoderamento feminino. Para isso, contará com palestras, workshops e atividades que atenderão as mulheres tratando de diversos assuntos como: educação, empreendedorismo, violência contra a mulher, inclusão, etnias, meio ambiente, sustentabilidade, saúde, cultura, cidadania e terceira idade.

O encontro tem o objetivo de gerar uma agenda positiva entre as secretarias e a cadeia produtiva de cada seguimento, desenhando projetos por temas convergentes: Empregabilidade, Cultura e Esporte. Além disso, tem como foco reunir, propor, debater e orientar diversos segmentos femininos.

A participação no evento é gratuita. É possível fazer a inscrição antecipada no site, acesse hotsite.fiesp.com.br/virada-feminina/ e confira a programação completa. Para mais informações envie e-mail para depar@fiesp.com.br ou entre em contato nos telefones: (11) 3549-4443 ou 3549-4385.


Bolsa Eletrônica de Compras
Criada em 2000, a BEC/SP tem obtido resultados relevantes. Desde a sua implantação, foram negociados produtos e serviços no valor total de R$ 92,9 bilhões, com R$ 33,3 bilhões de economia, que representa o percentual médio de 26,65%.

Com um sistema de compras via internet e cadastramento gratuito, a BEC/SP permite a redução dos custos operacionais e dos preços pagos pelos órgãos públicos conveniados. Só em 2019, foram negociados quase R$ 9 bilhões na plataforma, sendo 26% de negócios para micro e pequenas empresas. Dessa maneira é um importante instrumento para micro e pequenas empreendedoras impulsionarem seus negócios, oferecendo produtos e serviços a uma base de compradores públicos que buscam pelo melhor preço de mercado, com garantia de pagamento no prazo de 30 dias.


Comitê Gestor da ICP Brasil realiza primeira reunião do ano em Brasília

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.