Header Ads

American Tower apresenta os avanços da rede LoRaWAN e destaca o potencial de IoT existente em Minas Gerais

 LoRaWAN da companhia voltada para Internet das Coisas de baixo custo e consumo de bateria já cobre 35% do PIB brasileiro.

         © jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

Já presente nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Contagem e Betim, rede LoRaWAN da companhia voltada para Internet das Coisas de baixo custo e consumo de bateria já cobre 35% do PIB brasileiro
Até o final do ano, as ativações da rede chegam a Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora, Ipatinga, Governador Valadares e Montes Claros, que cobrirá mais de um terço da população mineira
Iniciativa em parceria com P7 Criativa e FUMSOFT, instituições sem fins lucrativos, estimula o desenvolvimento da tecnologia e do ecossistema de IoT na região
Consolidando a sua liderança no setor e seu compromisso como viabilizadora de infraestrutura de conectividade, a American Tower expõe ao público local o conceito do IoT Open Labs, como agente potencializador de Internet das Coisas
A American Tower, considerada uma das líderes em infraestrutura compartilhada para o setor de telecomunicações, com um portfólio de mais de 170.000 sites em vários países do mundo, incluindo EUA, países da América Latina, África, Europa e Índia, realiza no próximo dia 07 de Maio, no espaço da P7 Criativo, rua Afonso Pena 4000, em Belo Horizonte, o evento "Como a rede neutra LoRaWAN para IoT da American Tower pode acelerar a indústria no estado de Minas gerais".

"Minas é considerado um dos principais mercados da American Tower no país, pela sua forte indústria local e espírito empreendedor, e acreditamos que podemos continuar desempenhando um papel fundamental como parceiros no desenvolvimento do potencial de IoT no território nacional. O estado é peça-chave da estratégia da companhia na expansão da rede LoRaWAN no Brasil, juntamente com o desenvolvimento do ecossistema local, fundamental para a Internet das Coisas.", ressalta Daniel Laper, gerente sênior de Desenvolvimento de Novos Negócios.

Com a presença da Agência de Desenvolvimento da Indústria Criativa de Minas Gerais (P7 Criativo) e da agência fomentadora para o desenvolvimento da cadeia produtiva de TI no estado (FUMSOFT), além de importantes players do mercado local, o executivo mostrará ao público mineiro o potencial das aplicações de IoT no estado. Potencial que, inclusive, é fortalecido por essa parceria com duas agências que atuam como instituições sem fins lucrativos. No evento o P7 criativo apresentará dados sobre a economia criativa de Minas Gerais, com destaque para o segmento de tecnologia e inovação, além da proposta de valor da Associação. Já a FUMSOFT, atuará com Leonardo Fares, presidente da FUMSOFT detalhando o potencial de inovação e de empreendedorismo do mercado mineiro.

Em palestra sobre o que é a rede neutra LoRaWAN da companhia e como a tecnologia habilita soluções de IoT de baixo custo e consumo de bateria, Laper mostrará também que ecossistema para IoT pode ajudar no desenvolvimento do estado, destacando alguns dos avanços em IoT implantados pela empresa no país e como podem ser aplicados em Minas Gerais, onde a rede já cobre a região metropolitana da capital do estado (Belo Horizonte, Contagem e Betim) e tem previsto, até o final do ano, ativações nas cidades de Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora, Ipatinga, Governador Valadares e Montes Claros. "Essas localidades foram prioridades do projeto piloto realizado desde o início do último ano", acrescenta Daniel Laper.

A rede IoT/LoRaWAN da companhia está em expansão nacional e já abrange 35% do PIB brasileiro cobrindo mais de 40 cidades e, até o final do ano, a empresa estima alcançar 50% do PIB nacional, estando presente em mais de 80 cidades. Recentemente, a tecnologia entrou em operação em Campinas, Santos, Jundiaí, Sorocaba, São José dos Campos, Goiânia, Brasília, Curitiba Fortaleza, Recife e Porto Alegre e já supera marca de 400 mil dispositivos ativados.

Para a American Tower, todo o investimento é uma extensão natural da sua plataforma de infraestrutura compartilhada e uma oportunidade importante, visto que o Brasil é um dos maiores e principais mercados da empresa na América Latina.

IoT Open Labs

Inaugurado em maio de 2018, em parceria com a Everynet e a BandTec Digital School, o IoT Open Labs é o primeiro Centro de Experiência e Desenvolvimento de Internet das Coisas (IoT) e faz parte da estratégia da companhia em ampliar a sua atuação como um dos principais players de compartilhamento de infraestrutura no setor de telecomunicações no país. A iniciativa explora áreas que viabilizarão o crescimento mais rápido das soluções para Internet das Coisas.

A iniciativa desenvolvida pela American Tower e parceiros, tem como objetivo alavancar o ecossistema para Internet das Coisas no país. A proposta do Centro é ser um local onde empresas parceiras, clientes, desenvolvedores e estudantes possam experimentar, interagir, testar e entender fim a fim as aplicações para Internet das Coisas funcionando em uma rede real." A estratégia da American Tower é ampliar seu papel de viabilizadora de infraestrutura de conectividade em qualquer lugar, apoiando todas as tecnologias que estimulem o crescimento do mercado", lembra Laper.

Além disso, por meio do Centro, a companhia visa incentivar o desenvolvimento de tecnologia para aplicações em IoT e a formação de capital humano, reforçando e ampliando a sua atuação como um dos principais players de compartilhamento de infraestrutura no setor de telecomunicações no país, explorando áreas que viabilizarão o crescimento mais rápido das soluções para IoT.

SOBRE A AMERICAN TOWER

A American Tower é um proprietário independente, operadora e desenvolvedora de infraestrutura para comunicações e transmissão sem fio. Nosso portfólio global inclui mais de 99.000 sítios detidos ou geridos pela companhia, experimentando um crescimento constante. Além da locação de espaço em torres, oferecemos soluções de co-instalação personalizadas por meio de nossos sistemas interno e de antenas externas, entre outras opções de rede.

Com sede em Boston, Massachusetts, a American Tower possui operações nos Estados Unidos e no Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Alemanha, Gana, Índia, México, Nigéria, Peru, África do Sul e Uganda.Com informação de Laura Pancini.

 II Mostra Fuerte: Casa Fuerte apresenta exposição solo do artista Fillipe Lyra

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.