Header Ads

Com shodô e origami, Aliança Cultural celebra a chegada de uma nova era no Japão

Evento em São Paulo mostra a tradição japonesa de denominar e atribuir significado aos anos e eras

© jpg


POR AMANHECER DA NOTICIAS

No dia 1º de maio, os japoneses e cerca de 2 milhões de nipo-brasileiros que vivem no Brasil, assim como outras centenas de milhões de descendentes espalhados pelo mundo, comemorarão a chegada de uma nova era no Japão, segundo a tradição do país. A data marcará o fim da era Heisei e o início da era Reiwa, um período em que a união do espírito e do coração dos japoneses fará nascer e crescer uma nova cultura.

Para divulgar o simbolismo, a importância e o significado da nova era Reiwa, a Aliança Cultural Brasil Japão, instituição com mais de 60 anos de tradição no ensino do idioma japonês e difusão da cultura nipônica no Brasil, realizará no Auditório Kunito Miyasaka do Centro Cultural Aliança em Pinheiros, no dia 27 de abril, a palestra intitulada: Reiwa, a nova era do Japão - a escrita e o Significado.

A palestra será conduzida pela professora Alice Tsuchiya que falará sobre o significado da nova era e o professor Elcio Yokoyama fará uma apresentação da escrita Reiwa em shodô (arte da caligrafia japonesa). Os convidados poderão também apreciar a arte origami com a palavra Reiwa, de autoria da professora Mari Kanegae.

"O início de uma nova era tem uma importância cultural e histórica enorme para os japoneses e poder mostrar o porquê disso para os descendentes e não descendentes aqui no Brasil é uma oportunidade singular que vale muito a pena aproveitar", antecipa Alice Tsuchiya.

Sobre os Palestrantes
Alice Sanae Tsuchiya - Coordenadora Geral de Ensino
Graduada em Línguas Orientais-Japonês pela Universidade de São Paulo (USP), especializou-se em Áudio-visual para ensino da língua japonesa pela Universidade Federal de Shizuoka e complementação de estudos da Língua Japonesa pela Universidade Feminina da província de Shizuoka, atuou como professora de Língua Japonesa da Aliança cultural Brasil Japão por mais de 30 anos, sendo uma das autoras na publicação do livro didático Intermediário de Língua Japonesa da ACBJ, "Yomô Hanasô Chûkyô Nihongo", participa da equipe de Coordenação do exame de Proficiência em Língua Japonesa desde 1985. É Coordenadora Geral de Ensino da Aliança Cultural Brasil-Japão.

Elcio Y. Yokoyama
É Arquiteto e Urbanista formado em 2005, pela Universidade Mackenzie e calígrafo em Shodô. Foi aluno do grande mestre de Shodô Nampo Kurachi durante 25 anos e é considerado seu discípulo. Iniciou a caligrafia japonesa aos 7 anos de idade e após 2 anos foi incentivado pelo Mestre para treinar aos domingos. Nesse ano completa 31 anos de estudo da arte milenar e há 14 anos, participa de eventos sem fins lucrativos para divulgar a cultura japonesa, em especial, a caligrafia japonesa (Shodô). É professor de Shodô da Aliança Cultural Brasil-Japão.

Mari Kanegae Kamikawa (Professora de Origami e Kiri-ê)
É formada pela ECA-USP. Recebeu orientações de origami dos mestres Toyoaki Kawai, Akira Yoshizawa, Saburo Kase, Kunihiko Kasahara entre outros no Japão em 1984 e em 2002 como estagiária da JICA. Neste último ano recebeu premio da NOA (Nippon Origami Association) pelo trabaho "Feliz Encontro" e certificado de reconhecimento como instrutor de origami. Ministrou cursos em várias unidades do SESC, em Universidades e realiza workshop todo ano no Festival do Japão e em empresas nacionais e multinacionais em eventos de formação de equipe, de motivação e mudanças para funcionários e em hospitais para pacientes e familiares. Trabalha como voluntária na AADA. É coordenadora do GEO (Grupo de Estudos de Origami) que realizou as exposições "A História da Imigração Japonesa no Brasil" apresentada na Embaixada Brasileira em Tóquio, "5 Séculos de História do Brasil" e "Carnaval em Origami". É co-autora dos livros "Brincando com papel" da Editora Global, "Origami, Arte e Técnica da Dobradura de Papel" e organizadora do livro " A Arte dos Mestres de Origami" ambos da ACBJ. É responsável pelo atiliê Kamiarte. Desde 1985 é professora de Origami e Kiri-ê da Aliança Cultural Brasil-Japão.

Serviço
Palestra: REIWA, A NOVA ERA DO JAPÃO – A ESCRITA E O SIGNIFICADO (evento exclusivo para jornalistas, influenciadores e convidados)
Local: Auditório Kunito Miyasaka do Centro Cultural Aliança, Rua Dep. Lacerda Franco, 328 – Pinheiros 
Data: 27 de abril de 2019
Horário: 10h
Incrições e informações: 11 3031-5500

 Mercado Manual celebra o Dia das Mães com edição especial no Museu da Casa Brasileira

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.