Header Ads

Uma comissão debaterá MP que estingue empresa espacial criada com a Ucrânia.

Empresa binacional usaria o Centro de Lançamento de Alcântara para enviar satélites brasileiros e ucranianos ao espaço.

© Reprodução


POR AMANHECER DA NOTICIAS

A Comissão mista do Congresso responsável por analisar e dar parecer sobre a Medida Provisória que extingue a empresa binacional Alcântara Cyclone Space promove audiência pública nesta terça-feira (26), às 14h.
Para debater, foram convidados representantes dos ministérios da Defesa e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do Comando da Aeronáutica e da Agência Espacial Brasileira.
A empresa binacional foi criada em parceria com o governo ucraniano para explorar comercialmente o lançamento de satélites a partir da base de Alcântara, no litoral do Maranhão

Cooperação

A edição da MP 858 ocorreu após o Brasil sair do Tratado sobre a Cooperação de Longo Prazo na Utilização do Veículo de Lançamentos Cyclone-4, assinado pelos dois países em 2003.
Na época, a ideia era usar o Centro de Lançamento de Alcântara para enviar satélites brasileiros, ucranianos e de outros países ao espaço, cobrando pelo serviço. 

Caberia à Ucrânia desenvolver o foguete. Ao governo brasileiro caberia cuidar da infraestrutura de solo no CLA — os ucranianos detinham a tecnologia para fabricar foguetes, mas não possuíam centro de lançamento próprio.
O colegiado também fará reunião de trabalho e análise de requerimentos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.