Header Ads

Canadá anuncia US$ 53 mi em ajuda humanitária para Venezuela

Fundo será destinado a países vizinhos para ajudar refugiados.

© Christinne Muschi/Reuters

POR NOTÍCIAS AO MINUTO



Em discurso durante a abertura da reunião dos países do Grupo de Lima em Ottawa, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, anunciou hoje (4) que irá fornecer US$ 53 milhões em ajuda humanitária para o povo venezuelano.

"O Canadá anuncia US$53 milhões para atender às necessidades mais importantes dos venezuelanos, incluindo quase três milhões de refugiados", disse Trudeau, citado em um comunicado do Ministério das Relações Exteriores.
O premier explicou que "a maior parte dos fundos" será destinada a "países vizinhos e parceiros confiáveis para que possam ajudar a Venezuela e os venezuelanos".
Trudeau ainda enfatizou que a reunião desta segunda-feira (4) do Grupo de Lima discutirá os "passos a seguir para apoiar o processo democrático liderado pelo presidente interino Juan Guaidó."O momento da transição democrática na Venezuela é agora", ressaltou. No último domingo (3), Trudeau conversou com Guaidó e declarou seu apoio ao líder da Assembleia Nacional da Venezuela, além de pedir eleições livres e qualificar o governo de Nicolás Maduro como ilegítimo.
Um dos objetivos da reunião de emergência do Grupo de Lima é aumentar a pressão sobre Maduro para que deixe o poder. Em vídeo, Guaidó chegou a afirmar que a Venezuela "está perto de conseguir a volta da liberdade". Participam do encontro os ministros das Relações Exteriores de 14 países, com exceção do México, que não aprova a postura do grupo em relação à Venezuela, além de representantes da União Europeia (UE). A expectativa é de que os líderes tratem da crise econômica e política venezuelana, incluindo medidas em prol de refugiados. (ANSA)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.