Header Ads

Campanha para reeleição de Trump já recolheu 127 milhões de dólares

Presidente está envolvido no financiamento da sua campanha desde meados de 2017

© DR

 POR LUSA



A campanha para a reeleição do presidente norte-americano, Donald Trump, em 2020, recolheu 21 milhões de dólares, no último trimestre de 2018, que se somam aos 106 milhões já recolhidos desde início de 2017.

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (31), a organização da campanha diz que esta verba trimestral corresponde a um novo recorde de financiamento recolhido, depois dos 18 milhões registrados no trimestre anterior.
A organização de Trump ainda garantiu que 98,5% dos donativos foram de quantidade reduzida, abaixo dos 200 dólares, o que considerou ser uma prova do seu "apoio popular constante e histórico".
Porém, a recolha dos 21 milhões de dólares foi mais do que anulada pelos gastos de 23 milhões nas eleições legislativas de novembro, nas quais Donald Trump participou em várias ações de apoio a candidatos republicanos, verba muito acima dos cinco milhões desembolsados nos trimestres anteriores.
Enquanto o seu antecessor Barack Obama, que não recolheu fundos para a sua reeleição até ao terceiro ano do seu mandato, Trump apresentou a documentação necessária para se candidatar à reeleição no mesmo dia em que entrou na Casa Branca, e está envolvido no financiamento da sua campanha desde meados de 2017.
Isto já lhe deu uma vantagem considerável em relação aos seus potenciais rivais democratas, entre os quais o ex-vice-presidente Joe Biden e a senadora Elizabeth Warren, que estão começando agora a recolher os primeiros fundos e a viajar pelo país.
Em fevereiro passado, Trump nomeou um chefe da sua campanha para a reeleição, Brad Parscale, que o ajudou a desenhar uma potente organização para 2020. Ao contrário dos seus antecessores, ele manteve, desde que chegou ao poder, comícios iguais aos da campanha eleitoral de 2016.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.