Header Ads

Brumadinho tem 99 mortos; 259 pessoas seguem desaparecidas


Até o momento, 57 vítimas já foram identificadas
© Washington Alves/Reuters



POR NOTÍCIAS AO MINUTO


A Defesa Civil de Minas Gerais informou  na tarde desta quarta-feira (30) que há 99 mortos e 259 desaparecidos após a tragédia provocada pelo rompimento da barragem da Vale - Barragem I - Mina Córrego do Feijão - em Brumadinho (MG). Até o momento, 57 vítimas já foram identificadas.

Segundo o tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador-adjunto da Defesa Civil, a chuva forte fez com que houvesse interrupções pontuais no trabalho dos bombeiros no sexto dia de buscas.
O presidente da Vale, Fabio Schvarstman, disse estar "consternado" com o rompimento da barragem da mineradora e afirmou que não conhece as causas da tragédia nem sua dimensão exata. A empresa disse que iria enviar R$ 100 mil para cada família afetada pelo rompimento, algo que chamou de "doação emergencial" e não tem relação com futuras indenizações. 
Um gabinete de crise da tragédia em Brumadinho foi estruturado na Faculdade Asa, que fica a pouco mais de seis quilômetros do local do acidente. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.